Apostila de musica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EDUCAÇÃO ADVENTISTA DE SANTA CATARINA

“Sucesso Junto ao Mestre”

CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA

CATRE Fevereiro de 2009.

Professora Vânia Kruger

A CRIANÇA E A MÚSICA 1.0. O Que É Música? A música é uma linguagem universal, tendo participado da história da humanidade desde as primeiras civilizações. Encontramos na palavra de Deus, relato do primeiro pai da música. Seu nome eraJubal (palavra hebraica que significa “ Chifre de carneiro – buzina), A Jewish Encyclopedia define Jubal, filho de Lameque, como: “o pai... da classe dos músicos, o fundador da música o inventor do ‘Kinnor’ ou lira e do ‘Ugab’ ou flauta. Encontramos na Bíblia e em dados antropológicos, que as primeiras músicas seriam usadas em rituais, como: nascimento, casamento, morte, recuperação de doenças efertilidade. Na Grécia Clássica o ensino da música era obrigatório, e há indícios de que já havia orquestras naquela época. Pitágoras de Samos, filósofo grego da Antigüidade, ensinava como determinados acordes musicais e certas melodias criavam reações definidas no organismo humano. “Pitágoras demonstrou que a sequência correta de sons, se tocada musicalmente num instrumento, pode mudar padrões decomportamento e acelerar o processo de cura” (BRÉSCIA, p. 31, 2003). Ellen White comenta no livro educação p. 167 que: “Poucos meios há mais eficiente para fixar Suas palavras na memória do que repeti-las em cânticos. E tal cântico tem maravilhoso poder. Tem poder para subjugar as naturezas rudes e incultas, poder para suscitar pensamentos e despertar simpatia, para promover a harmonia de ação ebanir tristeza e os maus pressentimentos, os quais destroem o ânimo e debilitam o esforço... Que haja cântico no lar, de hinos que sejam suaves e puros, e haverá menos palavras de censura e mais de animação, esperança e alegria. Atualmente existem diversas definições para música. Mas, de um modo geral, ela é considerada ciência e arte, na medida em que as relações entre os elementos musicais sãorelações matemáticas e físicas; a arte manifesta-se pela escolha dos arranjos e combinações. De acordo com Wilhems apud Gainza (1988, p. 36): “Cada um dos aspectos ou elementos da música corresponde a um aspecto humano específico, ao qual mobiliza com exclusividade ou mais intensamente: o ritmo musical induz ao movimento corporal, a melodia estimula a afetividade; a ordem ou a estrutura musical (naharmonia ou na forma musical) contribui ativamente para a afirmação ou para a restauração da ordem mental no homem.

1.1. O Que É Musicalização? A musicalização infantil é um poderoso instrumento que desenvolve, na criança, além da sensibilidade à música, qualidades preciosas como: concentração, a coordenação motora, a sociabilização, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, adestreza do raciocínio, a disciplina pessoal, o equilíbrio emocional e inúmeros outros atributos que colaboram na formação do indivíduo. Quando ensinamos com alegria, vibração, através de uma metodologia lúdica e dinâmica própria do mundo da criança, estaremos formando futuros ouvintes, talentosos artistas ou simplesmente pessoas sensíveis e equilibradas. Tudo o que a criança sente e vive éimportante para ela. Essa vivência facilitará
Capacitação 2009

“Sucesso Junto ao Mestre”
Professora Vânia Kruger

2

a compreensão das estruturas musicais (se for o caso) que virá depois. A musicalização objetiva as práticas musicais e não o estudo de um instrumento. Jesus foi muito bem musicalizado por sua mãe. No livro Evangelismo pag. 498, Ellen White no diz que: “Quando era criança comoestas aqui, era tentado, porém não cedia à tentação. Ao ter mais idade, era tentado, mas os cânticos que Sua mão lhe ensinara acudiam-lhe a mente, e Ele erguia a voz em louvor. E antes de os companheiros se aperceberem, estavam cantando com Ele. Deus quer que nos sirvamos de toda facilidade que o Céu tem providenciado para resistir ao inimigo”. Weigel (1988) e Barreto (2000) afirmam que atividades...
tracking img