Apocrifos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1883 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Apócrifos
Apócrifos [do grego apókripho: oculto, escondido] no sentido religioso diz respeito aos livros "não genuínos", "espúrios", não reconhecidos como de inspiração divina, quer pela comunidade judaica, quer pela cristã-protestante. São chamados livros não canônicos. Os livros apócrifos foram escritos nos 400 anos do Período Inter bíblico, isto é, entre Malaquias e Mateus, ou entre o Antigoe o Novo Testamento, época de ausência total da revelação divina. Este é o principal motivo para excluir-lhes a canonicidade, além do fato de não terem sido mencionados em outros livros reconhecidamente divinos.

Os Apócrifos do Novo Testamento, também conhecidos como "evangelhos apócrifos", são uma coletânea de textos anônimos, escritos nos primeiros séculos do cristianismo, não reconhecidospelo cristianismo ortodoxo e que, por isso, não foram incluídos no Cânon do Novo Testamento. Não existe um consenso entre todos os ramos da fé cristã sobre o que deveria ser considerado canônico e o que deveria ser apócrifo.

Antigo Testamento
Apocalipse de Baruc
Apocalipse de Moisés
Apocalipse de Sidrac
Samuel Apócrifo
Ascensão de Isaías
Assunção de Moisés
Caverna dos Tesouros
Epístola deAristéas
Livro dos Jubileus
Martírio de Isaías
Oráculos Sibilinos
Prece de Manassés
Primeiro Livro de Adão e Eva
Primeiro Livro de Enoque
Primeiro Livro de Esdras
Quarto Livro dos Macabeus
Revelação de Esdras
Salmo 151
Salmos de Salomão
Segundo Livro de Adão e Eva
Segundo Livro de Enoque ou Livro dos Segredos de Enoque
Segundo Livro de Esdras ou Quarto Livro de Esdras
SegundoTratado do Grande Seth
Terceiro Livro dos Macabeus
Testamento de Abraão
Testamento dos Doze Patriarcas
Vida de Adão e Eva

Evangelhos da Infância
"Evangelhos da Infância", nenhum dos quais foi aceito no cânon bíblico, embora o grande número de exemplares sobreviventes ateste a sua contínua popularidade.
Evangelho da Infância de Tiago
Evangelho da Infância de Tomé
Evangelho de Pseudo-Mateus
OEvangelho da Infância Siríaco (ou Evangelho Árabe da Infância)
A História de José, o carpinteiro.
A Vida de João Batista
O Evangelho Armênio da Infância de Jesus

Evangelhos Judaico-cristãos
Seitas judaico-cristãs durante o cristianismo primitivo ainda mantinham uma forte relação com o Judaísmo, mantendo a Lei mosaica e utilizavam evangelhos específicos:
Evangelho dos Hebreus
Evangelhodos Nazarenos
Evangelho dos Ebionitas (século II) é uma tentativa gnóstico-cristão de perpetuar as práticas do Antigo Testamento.


Versões rivais dos evangelhos canônicos
Os padres da igreja insistiram que essas eram as pessoas que estavam a fazer distorções, ainda que nem todos os estudiosos modernos concordem.
Evangelho de Marcião
Evangelho de Mani, também chamado de Evangelho Vivo ouEvangelho dos Vivos
Evangelho de Apeles
Evangelho de Bardesanes
Evangelho de Basilides
Evangelho de Cerinto

Evangelhos de ditos
Alguns evangelhos tomaram a forma de pequenas logia - ditos e parábolas de Jesus - que não estão inseridos numa narrativa conecatada:
Evangelho de Tomé (século I) é uma visão gnóstica dos supostos milagres da infância de Jesus.

Evangelhos da Paixão
Outro conjuntode Evangelhos se focam especificamente na Paixão (prisão, execução e ressurreição) de Jesus:
Declaração de José de Arimatéia
Evangelho de Pedro
Atos de Pilatos, também chamado de Evangelho de Nicodemos
Relato de Pilatos a Cláudio
Cura de Tibério
Descida de Cristo ao Inferno
Evangelho de Bartolomeu
Questões de Bartolomeu
Ressurreição de Jesus Cristo, que alega ser "de acordo comBartolomeu"
Sentença de Pôncio Pilatos contra Jesus
Embora três textos tomem para si o nome de Bartolomeu, é possível que ou as "Questões" ou a "Ressurreição" sejam, na verdade, o desconhecido "Evangelho de Bartolomeu".


Evangelhos Harmônicos
Uma quantidade dos textos tenta apresentar uma única harmonização dos evangelhos canônicos que elimine as discordâncias entre eles e apresente um texto...
tracking img