Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1885 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TEMA PARA DEBATE

• CASO 1 Estudantes que concorrem à eleição do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) denunciam que foram vítimas de preconceito. Os alunos pretendem registrar um boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira, em Porto Alegre. Eles afirmam que um cartaz com a propaganda eleitoral de uma das chapas foi pichado com uma suásticae com os dizeres "fora judeus". A chapa é a única das quatro que disputam a eleição que tem integrantes judeus e a única contra o sistema de cotas. A pichação foi feita em frente ao prédio da Faculdade de Engenharia Mecânica, na Rua Sarmento Leite, na capital gaúcha. Procurada pela reportagem do G1, a UFRGS não se manifestou sobre o caso. Outro episódio em junho deste ano, o Diretório Central dosEstudantes da UFRGS entregou ao Ministério Público um dossiê sobre manifestações racistas de um grupo que agiria dentro da instituição. Na época, o muro de um bar na Avenida João Pessoa em frente à Faculdade de Direito da Universidade foi pichado com a frase “Negro só se for na Cozinha do R.U., cotas não!". No mesmo local, foi pintada uma cruz suástica, símbolo do nazismo. Já na Rua SarmentoLeite, uma calçada foi pintada com a frase "Voltem para a Senzala".

• Os episódios relatados no texto acima apresentam uma postura preconceituosa a respeito de negros e judeus, considerados “raças inferiores.” A partir dos conceitos trabalhados em sala de aula sobre o que vem a ser a ciência antropológica, como ela se estruturou e como ela desenvolveu e tem desenvolvido suas análises sobre acultura humana, mas precisamente a antropologia cultural. Responda:

1 – Por que mesmo nos dias atuais, com todo o conhecimento já estabelecido sobre a questão cultural e a apresentação das contradições e erros das concepções teóricas racistas, a idéia de superioridade racial faz parte ainda do imaginário de muitas sociedades, inclusive o Brasil, país que no discurso se vangloria em viver numaharmônica sociedade fruto da mistura de raças?
Resposta:
A ideia de inferioridade de raças está presente na história da humanidade, desde a época em que era necessário guerrear para conquistar território e expandir certa sociedade, por se achar que esta era superior às demais e, dessa forma, a cultura do povo dominador era imposta ao dominado.
No Brasil, a forma de racismo mais evidente e frequente écom relação ao negro. Devido à herança cultural, passada de geração a geração, desde o início da escravatura, na qual o negro era sinônimo de raça inferior, pertenciam aos seus “senhores” e, por esse motivo, eram obrigados a realizar todos os tipos de tarefas a eles determinadas, mesmo que não fossem de sua vontade, sem receber benefícios nem remuneração para isso, ainda hoje fazemos essa ligaçãodo negro com a escravidão.
Essa visão, inclusive, é hoje reforçada pelas escolas, onde, no intuito de repassar apenas os acontecimentos históricos, não tem como objeto de estudo a cultura negra e as suas contribuições na formação da cultura brasileira atual, tanto na música, dança e religião.
Além disso, a própria comunidade negra, com o objetivo de defender o direito dos negros, acabareforçando a ideia de inferioridade da raça, a exemplo do benefício da instituição de cotas para negros nas instituições de ensino superior. Os discursos de que os negros não são capazes de competir de forma justa com os demais candidatos por não terem tido acesso a ensino de qualidade e de que o Brasil tem uma dívida histórico-social com eles só reforçam as teorias racistas. A preocupação deve ser focadana qualidade do ensino nas escolas públicas, até porque nem todos os negros estão na mesma situação e existem pessoas que não são negras, mas vivem numa realidade de privações, devido a sua situação financeira, e que também são obrigadas a recorrer às escolas públicas.

2 - Vocês acreditam que as justificativas racialistas, mesmo tendo sido derrubadas, são usadas para explicar a diferença de...
tracking img