Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1-Caracterizar o perfil de comportamento nas influencias gerais e especifica-las (inconscientes) e (conscientes) da personalidade básica a partir dos padrões culturais cotidianos da atualidade.Inconscientes: O adolescente nesta etapa vive no seu mundo interior. Para conhecer a própria personalidade, as suas ideias e ideais, compara-se com o mundo dos outros. Dá impressão de apatia devido àpreocupação repousada e reflexiva pelos próprios estados anímicos. É muito inseguro, procura a orientação e o conselho de pessoas alheias à sua vida familiar; assim, os educadores encontram um campopropício para uma ação de formação mais profunda. Nascimento da independência. O espirito de independência cresce rapidamente, mas é imaturo ainda e manifesta-se com brusquidão e agressividade. É capaz dealbergar sentimentos de rancor, vingança e violência, embora de modo esporádico e sejam pouco duradoiros. Interessa-lhe e procura conhecer a própria personalidade, mas é mais observador em relação à dosoutros, tanto dentro como fora do núcleo familiar. Aos 16 anos, o adolescente é já um pré-adulto, possui uma mente mais segura, porque está melhor ordenada e controlada. Entre os 15 e os 16 anos,começam-se a interessar novamente pelo estudo sempre que for interessante e vital para a sua experiência o conteúdo instrutivo, como por exemplo, a Religião, as Ciências Sociais, etc. Às vezes a vidaescolar converte-se em válvula de escape, em meio para afrouxar as ataduras familiares.·.

Consciente: Esta interiorização abarca também as esferas intelectuais, filosóficas e estéticas, enchendo asua vida com estas teorias. Manifesta uma grande preocupação por pormenores e gestos que observa na pessoa a quem imita e idealiza. Crescente consciência e conhecimento do “eu”. Adaptação progressivaaos núcleos sociais da família, escola e comunidade em geral. Independência e liberdadesão a sua constante exigência. Opõe-se, portanto, a que o tenham sujeito ou lhe perguntem sobre os seus...
tracking img