Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ASPECTO SOCIO ANTROPOLOGICO E EDUCAÇÃO

A antropologia é uma ciência social surgida no século XVIII. Porém, foi somente no século XIX que se organizou como disciplina científica. A palavra tem o seguinte significado: antropo=homem e logia=estudo.
Qualquer que seja a definição adotada é possível entender a antropologia como uma forma de conhecimento sobre a diversidade cultural, isto é, abusca de respostas para entendermos o que somos a partir do espelho fornecido pelo “Outro”; uma maneira de se situar na fronteira de vários mundos sociais e culturais, abrindo janelas entre eles, através das quais podemos alargar nossas possibilidades de sentir, agir e refletir sobre o que, afinal de contas, nos torna seres singulares, humanos.
A antropologia enfrenta problemas com seu campo deação e com sua identidade, afinal entre os antropólogos não há consenso em sua definição.
Rabuske (1999) considera necessário distingui-la entre a Filosófica e Empírica ou Científica. No site da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da USP, encontramos “a Antropologia é o estudo do homem como ser biológico, social e cultural (ANTOPOLOGIA 2008). Outros autores a seu modo, definiram aAntropologia, nos evidenciando a complexidade que é conceituar e delimitar o seu campo de estudo e assim reafirmando a complexidade do próprio ser humano.
A partir do século XX[3] que a Antropologia se separou da filosofia e se estruturou com métodos e objetos específicos, ganhando status de ciência, ou assim pretendendo ser reconhecida, por isso a disciplina não se limita a um grupo social, “a um espaçogeográfico, cultural ou histórico particular.” (LAPLATINE,2008,P.16)
Com o objetivo de entender o homem em sua totalidade, “a antropologia não é senão um certo olhar, um certo enfoque que consiste em estudar o homem inteiro e o estudo em todas as sociedades, sob todas latitudes em todos os estados e todas as épocas.”
O homem para a antropologia não é um amontoado de partes, mas uma só realidade,quando falamos de Homem, nos referimos a uma entidade genérica que só se concretiza nos homens concretos que são diversos e se agrupam formando sociedades, evidenciando a grande diversidade humana.
A Antropologia é bastante paradoxal por ser uma das mais especializadas e ao mesmo tempo uma das mais gerais (MELLO,1082,P.35 grifos nossos)
As especializações e variedades justificam as divisõesda antropologia da proposta de Rabuske (1999), que a Antropologia Empírica ou Científica em dois grandes setores: Física e Social ou Cultural.
A Antropologia Cultural se propõe a estudar “a obra humana” que chamamos de cultura, destacando, a política, religião, arte, artesanato, economia, linguagem, práticas e teorias, crenças e razão, aspectos os mais complexos que fazem parte de uma cultura.(MELLO,1982,P.37)
Em vista dessas especificidades é que se fala não só da antropologia, como de suas grandes áreas de atuação: etnologia, etnografia social, arqueologia, tudo isso é antropologia cultural, porém com caráter específico para cada atividade humana.
Cultura é um conceito Antropológico que determina a diferença entre homens, que agem de acordo aos seus padrões culturais e, portantosão o resultado do meio em que foram socializados.
Todo complexo que inclui conhecimentos, crenças, arte, moral, leis, costumes ou outros hábitos adquiridos dentro de uma sociedade constitui a sua cultura. O modo como hoje em dia a cultura é conceituada do ponto de vista antropológico foi primeiramente formulado por Tylor, ele formalizou uma ideia que vinha crescendo desde o iluminismo.
Cadasociedade idealiza sua cultura como única e correta, as teorias idealistas da cultura dividem-se em três abordagens:
A que considera a cultura como sistema cognitivo, onde a cultura é vista como sistema de conhecimento, onde as pessoas devem conhecer ou acreditar para ser aceito em seu meio social. A segunda diz respeito a estruturação de domínios, vendo a cultura como sistema simbólico e...
tracking img