Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4882 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Estudos sobre Antropologia
Análise filosó fico-teológica da virada antropológica nos séculos XIX e XX e desafio s atuais para a antropologia teológica cristã
Ano: 2011 Prof.: Carlos Alberto Motta Cunha

 Tópicos para discussão (1 ª aula)
[1] Pergunta do salmista (8.4): “Que é o ser humano para que dele te lembres?”Ainda

prevalece a máxima: Homo definiri nequit – o ser humano nãopode ser definido – A História que o diga!
[2] Sigmund Freud falou em três grandes humilhações sofridas pelo ser humano nos

tempos modernos: 1. Cosmológica – Nicolau Copérnico (1473-1543) desbancou a cosmovisão geocêntrica com a heliocêntrica. Resultado: ser humano na periferia. 2. Biológica – Charles Darwin (1809-1882) desacreditou com o mito do ato criador ao provar que as espécies têm suaorigem num longo processo evolutivo. 3. Psicanálise – Sigmund Freud (1856-1939), pai da psicanálise, demonstrou que o “eu” não é dono nem mesmo dentro da própria casa. Age impulsionado por instintos e desejos que fogem a seu controle.
[3] Acrescentaria mais duas humilhações às grandes humilhações propostas por Freud:

1. Política – Karl Marx (1818-1883) voltado para a economia e política pôs emquestão o otimismo racionalista quando afirmou que os humanos estão sob o jugo da Ideologia – poder social invisível que nos força a pensar como pensamos e agir como agimos. É ilusório achar que pensamos com nossa própria cabeça. Somos influenciados pela ideologia dominante. 2. Outra grande humilhação poderia ser a genética. A decifração do genoma humano pôs a descoberto o “material de construção”das pessoas, desvendandolhes o mistério.
[4] A pós-modernidade tem nos mostrado que o nosso problema “não é a falta de

conhecimento, e, sim, de orientação; não somos ignorantes, estamos confusos” (Norbert Bolz, filósofo).
[5] Em 1748, o francês La Mettrie escreveu o livro L’homme maschine (O homem-

máquina). É esta visão que as ciências humanas desde então vêm testando e confirmando.
[6] Otermo “antropologia” nos remete ao ser humano, mas isto não basta. O adjetivo

“teológica” diz-nos sob o ponto de vista que abordaremos a antropologia: trata-se do que o ser humano é em sua relação com o Deus Uno e Trino revelado em Cristo.

2
[7] A revelação cristã não pretende de modo algum ser a única fonte de conhecimentos

sobre o ser humano. Sem perder nada da especificidadeteológica, a reflexão cristã sobre o ser humano deve enriquecer-se com os dados e as intuições provenientes da filosofia e das ciências humanas. Daí a importância da interdisciplinaridade para o enriquecimento teológico
[8] Precisamos pressupor uma coerência fundamental entre nosso ser e nosso destino se

não querermos que este último apareça como algo meramente exterior a nós mesmos, que não nosrealiza interiormente. Enquanto destinatário da revelação, o ser humano é também, conseqüentemente, de modo derivado, objeto dessa revelação. Deste ponto de vista, a denominação “antropologia teológica” se justifica.
[9] Dimensões fundamentais:

1. A relação de amor e de paternidade que Deus quer estabelecer com todos os seres humanos em Jesus Cristo, seu Filho. “Pela graça”, por um favor divino, oser humano foi chamado à filiação divina, a participar, no Espírito Santo, dessa relação que é própria somente de Jesus. 2. Esse chamado e essa “graça”, porém, pressupõem nossa existência como criaturas livres. Caso contrário, o chamado dirigido ao ser humano não pode realizar-se. 3. O amor de Deus que nos criou e quer fazer de nós os seus filhos não encontrou no ser humano uma resposta adequada deacolhida, mas, desde o início, encontrou não só a indiferença, mas até a rejeição. (pecado original)
[10] As duas primeiras dimensões são de ordem positiva, referem-se à constituição do ser

humano, ao plano de Deus para ele. A terceira dimensão é acrescentada historicamente e, além disso, é de ordem negativa, algo que deveria existir, que é destrutivo do ser do homem.
[11] Esses três...
tracking img