Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (587 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Antropologia

Débora Boscaino Lima - RA 222610
Marli de Souza Ribeiro da Silva - RA 202500
Valdilene Rocha Ribeiro - RA 241891

RESENHA DO FILME:
“O MENINO DO PIJAMA LISTRADO”

Pólo deTatuapé / São Paulo
2011
RESENHA DO FILME: “O MENINO DO PIJAMA LISTRADO”
Assistindo ao filme “O menino do pijama listrado”, que se passa na época do Holocausto (um ritual muito usado na Segunda GuerraMundial em que pessoas são mortas por envenenamento de gás e queimadas), nos deparamos com a amizade inocente de duas crianças que vivem em mundos diferentes, um é o Bruno, filho de um oficial nazistae o outro é o Shmuel, um judeu preso no campo de concentração criado pelos alemães, que na época acreditam que precisam manter uma raça pura e que precisam eliminar pessoas de outras posiçõesreligiosas, econômicas, com problemas de saúde, de outras etnias, entre outros.
O pai de Bruno é promovido e transferido de Berlim, na Alemanha, para comandar um campo de concentração, encarando como umamissão e não contando a ninguém de sua família, que estaria no comando deste campo. Assim que chega à casa nova, o menino tem a visão pela janela de seu quarto, uma área em que acredita ser uma fazendae quer visitá-los. Como o menino se vê isolado no jardim da nova casa, proibido pelos seus pais de sair aos arredores e, sem ter a menor noção do trabalho de seu pai e a realidade do local onde estãovivendo, ele desobedece e começa a explorar o ambiente. É quando ele encontra Shmuel, um menino da mesma faixa etária que ele, sentado ao chão e de olhar triste, vivendo do outro lado da cerca e estásempre com seu pijama listrado. Com o início dessa amizade, Bruno tem seus próprios questionamentos, como, o “por quê” daquela roupa, sobre o que fazem ali naquele local, entre outros. Ele buscarespostas com a família, mas não as obtem de forma coerente, continua a não entender as coisas preconceituosas em que dizem sobre os judeus, pois não vê maldade alguma no grande amigo que tem.
Sua mãe...
tracking img