Antropologia teologica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUZANA GODOI – 1090957



















AVALIACAO INTERMEDIARIA: Ser Pessoa – Uma Proposta Humanista


























Polo: Curitiba
2012.
SUZANA GODOI – 1090957



















AVALIACAO INTERMEDIARIA: Ser Pessoa – Uma Proposta Humanista





Centro Universitário ClaretianoCurso: Licenciatura em Arte
Disciplina: Antropologia Teológica.
Professor: Vicente Paulo Alves.


















Polo: Curitiba
2012.

Ser Pessoa – Uma Proposta Humanista


Introdução


O ser humano é único, e portanto tem livre arbítrio, mas aquele que não pensa por si só é pensado por outros. O homem deixou de agir com ocoração e passou a dar mais valor na razão, em detrimento disso, tornou-se egoísta e independente, deixando de lado a solidariedade e muitas vezes a lealdade ate mesmo com própria família, e consequentemente, vive isolado, com isso, o carisma, a amizade, o companheiro já não faz mais parte de seu meio social.
Dessa forma, percebe-se que na sociedade atual o que prevalece é mais a forma do que oconteúdo, ou seja, a aparência influencia quando se trata de prestigio na sociedade. Além disso, o sucesso individual esta acima dos valores que antes eram respeitados e seguidos. O ser pessoa, deixou de compartilhar seu conhecimento, sua vida e esqueceu o papel do sujeito como elaborador do conhecimento humano.
Conforme o (CRC, p. 20) “No sistema capitalista no qual vivemos, os atrativos parauma vida de consumo levam as pessoas a buscarem, desenfreadamente, a satisfação ilusória de inúmeras necessidades. É mais fácil desencadear a perspectiva de uma vida sem objetivo e sem valores, do que uma vida de esperança e realizações.” Nesse sistema, os atrativos para uma vida de consumo levam as pessoas a buscar, a satisfação ilusória de necessidades.
Assim, é possível ter conhecimentosgerais e integrar equipes multidisciplinares, favorecendo a troca de experiências e encaminhamentos adequados, pois o ser pessoa que pensa de forma mais humana e justa, posiciona-se diante da situação da realidade atual e ressalta sua contribuição para a justiça e para o amor, e age com o lado emocional na possível transformação de uma sociedade multidimensional e menos individualista.Desenvolvimento

A ideologia tem a função de adaptar os homens à sociedade em que vivem, e muitas vezes ela penetra nas pessoas de uma forma que tornam-as “cegas” e encararam esta situação como normal, sem perceber que são exploradas e oprimidas. E este comportamento é característico do mundo de hoje que nos joga ao modismo e reflexos da mídia.
Todavia, o caráter e a dignidade é que deveria ocupar ocentro das relações sociais, pois as contradições do sistema capitalista abrange a sociedade de uma forma geral. Alem disso, acentua as desigualdades, o individualismo. Diante deste enfoque, o que acaba tendo valor para esse sistema de sociedade é a parte do ser humano que está em contato com o mundo e que possui a força produtiva e consumidora. A crise do sistema capitalista de produção é umarealidade patente `aqueles que pensam criticamente e não se substimam `as elites dominantes, detentoras do poder político, econômico e ate mesmo cultural da sociedade.
Quanto o papel da educação na contribuição de tornar o ser pessoa mais justo e humano está em questionamento, pois a aprendizagem é facilitada quando há o interesse do aluno, e atualmente estes deixaram seus princípios, ora culpam-seos pais ora o sistema, e infelizmente o resultado nem sempre é o que se espera. Poucos estão preocupados em trabalhar a favor de uma grande mudança social e pessoal simultânea, mas o indivíduo que pensa em contribuir para a possível mudança, deve desempenhar o papel de contribuinte e olhar a realidade de forma mais humana.

A educação de fato, constitui com uma ímpar relevância. Pode...
tracking img