Antropologia dos objetos: coleções, museus e patrimônios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 280 (69850 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AntropologiA dos objetos: coleções, museus e pAtrimônios
josé reginaldo santos gonçalves

Ministério da Cultura instituto do PatriMônio HistóriCo e artístiCo naCional dePartaMento de Museus e Centros Culturais Presidente da rePública Luiz Inácio Lula da Silva Ministro da cultura Gilberto Passos Gil Moreira Presidente do iPhan Luiz Fernando de Almeida diretor do dePartaMento de Museus ecentros culturais José do Nascimento Júnior diretor de PatriMônio Material Dalmo Vieira Filho diretora de PatriMônio iMaterial Márcia Genesia de Sant’Anna diretora de PlanejaMento e a dMinistração Maria Emília Nascimento dos Santos Procuradora- chefe Lúcia Sampaio Alho coordenadora geral de ProMoção do PatriMônio cultural Luiz Philippe Peres Torelly coordenadora geral de Pesquisa , docuMentação ereferência Lia Motta

G624a Gonçalves, José Reginaldo Santos Antropologia dos objetos : coleções, museus e patrimônios / José Reginaldo Santos Gonçalves. - Rio de Janeiro, 2007. 256p. -(Museu, memória e cidadania)

1. Etnologia. 2. Antropologia. I. Título. II. Série. 07-4138. CDD: 306 CDU: 316.7

Coleção Museu, Memória e Cidadania Coordenação: José do Nascimento Júnior e Mário Chagas editoraçãoMário Chagas e Claudia Maria Pinheiro Storino a ssistência editorial Tatiana Kraichete Martins Projeto gráfico Marcia Mattos editoração eletrônica Editora Garamond Ltda.

para isadora, renata e mariana

7

Introdução

13 teorIas antropológIcas e objetos materIaIs 43 coleções, museus e teorIas antropológIcas: reflexões sobre conhecImento etnográfIco e vIsualIdade 63 os museus e acIdade 81 os museus e a representação no brasIl 107 o espírIto e a matérIa: o patrImônIo enquanto categorIa de pensamento 117 autentIcIdade, memórIa e IdeologIas nacIonaIs: o problema dos patrImônIos culturaIs 139 monumentalIdade e cotIdIano: os patrImônIos culturaIs como gênero de dIscurso 159 sIstemas culInárIos como patrImônIos culturaIs 175 a fome e o paladar: a antropologIa natIva de luísda câmara cascudo 195 patrImônIo, memórIa e etnIcIdade: reInvenções da cultura açorIana 211 ressonâncIa, materIalIdade e subjetIvIdade: as culturas como patrImônIos 235 a obsessão pela cultura

interpretação antropológica de quaisquer formas de vida social e cultural passa necessariamente pela descrição etnográfica dos usos individuais e coletivos de objetos materiais. Não apenas pelasrazões evidentes de que esses objetos preenchem funções práticas indispensáveis, mas, especialmente, porque eles desempenham funções simbólicas que, na verdade, são pré-condições estruturais para o exercício das primeiras. Seja no contexto de seus usos sociais e econômicos cotidianos, seja em seus usos rituais, seja quando reclassificados como itens de coleções, peças de acervos museológicos oupatrimônios culturais, os objetos materiais existem sempre, necessariamente, como partes integrantes de sistemas classificatórios. Esta condição lhes assegura o poder não só de tornar visíveis e estabilizar determinadas categorias socio-culturais, demarcando fronteiras entre estas, como também o poder, não menos importante, de constituir sensivelmente formas específicas de subjetividade individual ecoletiva. Os textos reunidos neste livro focalizam tópicos diversos, embora interligados: teorias antropológicas e objetos materiais; museus etnográficos e visualidade; museus e experiência urbana; museus e identidade nacional; concepções de patrimônio cultural; sistemas culinários como patrimônios culturais; a antropologia nativa de Luis da Câmara Cascudo; as representações açorianas do patrimônio nocontexto das festas do

divino espírito santo; uma reflexão sobre as categorias ressonância, materialidade, subjetividade e sua relevância para entendermos os discursos do patrimônio; e um artigo final, onde desenvolvo uma discussão sobre os limites das modernas concepções antropológicas de cultura. Essa discussão, de certo modo, representa uma espécie de fio condutor de minhas reflexões...
tracking img