Antropologia das religiões

ANTROPOLOGIA DAS RELIGIÕES

CAPITULO 1
ACTIVIDADES:
1. Até ao século passado a definição de «religião» como uma ligação dupla – do Homem para com Deus e de Deus para com o Homem – parecia não oferecer grandes dificuldades. O que é que alterou esta situação e levou os investigadores a procurar um conceito mais alargado de religião?
O facto de os investigadores terem verificado aexistência de «religiões sem Deus» com um culto bastante elaborado, como é o caso do BUDISMO, levou a que fosse revisto o conceito de religião, em busca de um denominador comum que permitisse abarcar todas as religiões conhecidas.
2. «O homem é o único animal que cuida dos seus mortos»: Comente esta afirmação e dê alguns exemplos.
Na realidade, e após a morte de alguém, todos nós cuidamos, consoante acultura, as condições ambientais e as tradições religiosas, dos entes falecidos. É comum enterrar os mortos, deitá-los ao mar, cremá-los em pilhas de madeira, deixá-los em pilhas de madeira para que os abutres os devorem, recolhendo depois o que resta. Também desde tempos muito antigos se procurou preservar os corpos através de técnicas de mumificação, substituídas, hoje por técnicas deembalsamamento.
3. Indique os nomes e obras dos estudiosos que mais se distinguiram na investigação da natureza da religião.
Durkheim---- «As formas elementares da religião»
Mircea Eliade---- «O Sagrado e o profano»
Lévi-Strauss------ «O Totemismo»
4. Como definir o conceito de sagrado.
Sagrado, não tem uma definição por si, mas, considerando o conceito de sagrado por oposição a profano podemosdizer que sagrado é algo de misterioso que não pertence ao mundo material e profano sendo por isso de uma ordem diferente mas que se manifesta na ordem natural do mundo profano.
O sagrado é apreendido por qualquer imediatamente por qualquer homem em qualquer sociedade e em qualquer momento porque não progride.

5. Pode falar-se em pessoas e lugares «sagrados»? Justifique a sua resposta e dêalguns exemplos.
Sim, uma vez que o sagrado é comum a todas as religiões e crenças, podemos falar de pessoas e lugares sagrados. Como lugares sagrados temos todo o conjunto de templos e igrejas de todas as religiões, bem como podemos encontrar alguns símbolos venerados pelos povos e que podem ser, uma rocha, uma árvore ou uma simples figura.
No campo humano temos como sagrado, ou pessoassagradas, o Dalai Lama, os gurus indianos, os xamãs da China, o sacerdote da religião católica no acto da consagração do pão e do vinho.
6. Em que consistem as chamadas hierofanias e que relação têm com a religião?

Hierofanias são manifestações do sagrado que, são históricas. Da sua memória e inter-relacionamento num sistema coerente, qualquer que tenha sido a sua causa, surgiriam várias relações.7. O que são mitos, do ponto de vista da Antropologia e da Ciência das Religiões? Que relação tem esta noção com o sagrado.

Mitos representam a actividade criadora dos deuses, desvendam a sacralidade da obra destes. O mito descreve as diversas irrupções do sagrado no mundo, pretendem apresentar uma explicação para os grandes problemas da Humanidade, em especial os que se prendem com acriação do universo, da terra e do homem. As mitologias, mais que as ciências e as filosofias, encerram em conjunto com as religiões os grandes ensinamentos da humanidade.
Os mitos traduzem fenómenos profundos indescritíveis que descrevem estes mesmos fenómenos pela razão analítica, à semelhança das descrições do enamoramento, do amor, do cuidado essencial, da traição da pessoa amada etc.

8.Diga qual a importância dos ritos ou rituais e qual a sua função na vida das comunidades.

Os ritos ou rituais são muito importantes pois é a forma de entrar em contacto, colectivamente, com o sagrado, através de fórmulas que todos os crentes conhecem e que lhe dão um sentimento de pertença ao grupo.
Ao ouvir as fórmulas que conhecem e ao observar a repetição dos rituais, o crente,...
tracking img