Antropologia cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANTROPOLOGIA CULTURAL
APRESENTAÇÃO E AS LIMITAÇÕES DO MÉTODO COMPARATIVO DA ANTROPOLOGIA




APRESENTAÇÃO - CELSO CASTRO1

Na condição de tradutor e organizador da primeira obra de Boas no Brasil, Celso Castro o coloca na situação de “um dos fundadores da moderna antropologia” ou “um dos mais importantes antropológicos de todos os tempos” (p. 7). Ao constatar a falta de publicações emnosso país sobre autor, diante de sua relevância, o organizador utiliza o espaço da apresentação para descrever a vida, a formação acadêmica e os principais trabalhos realizados ao longo da carreira de pesquisador.

Justamente pela escassez, até então, de informações sobre Boas e seus trabalhos antropológicos é que o tradutor concentra-se um número singular de detalhes que nos faz conhecer melhor orepresentante maior da Escola Culturalista Americana, professor da Universidade de Columbia e ativista político de causas antirracismo e antissemitas.

Apesar da dificuldade da compreensão cronológica de alguns dados citados elenca-se a seguir datas e acontecimentos interessantes da biografia de Franz Uri Boas:

• Em 9 de julho de 1858, nasce o filho de uma família de comerciantes judeusna pequena cidade prussiana de Minden (Vestfália);
• No ano de 1877 entra para a universidade com o intuito de cursar física, tendo estudado em Heidelberg, Bonn e Kiel;
• Concluiu, em 1881, os estudos universitários com uma dissertação sobre a absorção da luz pela água – época que passa a se interessar pela psicofísica (disciplina que estudava a relação entre as sensações físicas e apercepção psicológica);
• Em razão do desinteresse pela carreira escolhida mudou seu foco para a geografia, em parte pela influência de seu professor em Kiel Theobald Fischer;
• Mudou-se para Berlim, após prestar um ano de serviço militar obrigatório, local onde conheceu Adolf Bastian (1826-1905) – diretor do Museum für Völkerkund (Museu do Folclore) e patriarca da antropologia alemã;• Estando provisoriamente ligado ao museu estudou, também, técnicas de medições (antropologia física) com o médico anatomista Rudolf Virchow (1821-1902);
________
1 BOAS, Franz. Antropologia cultural. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 2004. Organização e tradução Celso Castro. Apresentação e As limitações do método comparativo da antropologia, pp. 7-39.
• Ainda, em 1881 conhece MarieKrackowizer (órfã de um importante médico austríaco que emigrara par os Estados Unidos e se estabelecera em Nova York), com quem se casaria anos mais tarde;
• A 20 de junho de 1883, plano que alimentou até conseguir os recursos para sua expedição, partiu em viagem à Ilha de Baffin (Canadá) com o intuito de estudar o povo esquimó (os Inuit) – por insistência do pai foi acompanhado de um jovemempregado da família e instalou-se na localidade de Anarnitung. Diante do rigoroso clima da região cumpriu parcialmente seu projeto de buscar informações sobre distribuição e mobilidade entre os esquimós, suas rotas de comunicação e suas migrações – o que possibilitou a edição dos livros Baffinland (1885 [observações geográficas]) e The Central Eskimo (1888 [questões etnográficas]). Em sua estada juntoao povo esquimó Boas colocou-se mais como um observador do que um pesquisador participante ([convivência x distanciamento], muito antes de Malinowski cunhar a expressão “observação participante”);
• Terminada a pesquisa com os esquimós procura inicialmente emprego nos Estados Unidos e depois na Alemanha, ao retornar em 1885; sendo por um curto espaço de tempo assistente de Bastian nacatalogação de coleções etnográficas e, ainda, se habilitado (privatdozent [remuneração precária paga pelos alunos, diferente do professor de cátedra remunerado pelo governo]) em geografia na universidade de Berlim;
• Em julho de 1886, viaja aos Estados Unidos para rever Marie e procurar trabalho; aproveitando para fazer uma pequena expedição à província canadense de British Columbia, época em...
tracking img