Antropologia cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1906 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
01) A partir do texto de Durkheim, O Suicídio, apresente os argumentos do autor no que concerne a influência da sociedade sobre o fenômeno do suicídio. Elabore sua resposta mostrando as diferenças entre os “tipos” de suicídio elencados pelo autor. É possível complementar a resposta utilizando o texto de Mauss, “Efeito físico no indivíduo da ideia da morte sugerida pela coletividade”, e os filmesde Débora Diniz: A margem do Corpo e Solitário Anônimo.

Durkheim considera o suicídio um fato social, o que vai em oposição ao entendimento deste como um fato individual. A partir de uma análise de dados estatísticos das taxas social de suicídios, chega a conclusão que o suicídio é um fenômeno constante, exceto por eventos extraordinários. Isto implica em analisarmos a partir de um ponto devista externo ao individuo. Para compreender melhor o fenômeno Durkheim distingue três tipos de suicídio: 1)Suicídio Altruísta; 2) Suicídio Egoísta e 3) Suicídio anômico.
1. Suicídio Altruísta: É decorrente do estreitamento dos laços sociais. A pessoa o faz porque se sente no dever de fazer, faltar a esta obrigação implica em conviver com a desonra e/ou castigos religiosos, ou seja, têm se o deverde tirar a vida em prol da vida dos outros. È a renuncia da própria vida em detrimento de qualquer coisa que o suicida ame mais que esta. O autor considera que este tipo de suicídio cabe dentro de três categorias: 1º homens velhos ou doentes; 2º mulheres que perderam os maridos e 3º fiéis ou servidores que perderam seus chefes. Este tipo de suicídio é comum em sociedades primitivas.
2. SuicídioEgoísta: É o oposto do suicídio altruísta, pois decorre do afrouxamento dos laços sociais. A pessoa o faz, pois se sente desamparada/ isolada pela sociedade. É quando o ego individual se afirma demasiadamente frente ao ego social, o individuo não vê mais razão de ser na vida. Durkheim considera que a ligação do homem com a vida é uma doação à sociedade. O laço que liga o homem à vida se afrouxa domesmo modo que o laço que o liga a sociedade se afrouxou. O suicido egoísta é inexistente em sociedades primitivas, já que nestas o que predomina é o interesse de todos.
3. Suicídio Anômico: Decorre da desintegração social e pela fragilidade que liga o indivíduo ao grupo. O fato é que a existência não está regulamentada pelos costumes, está desregrada e quando esta é abalada por uma crise, ficasem resposta, o que favorece o individuo a cometer o suicídio. Este é a expressão visível da crise na sociedade. O autor utiliza o exemplo de suicídios ocorridos perante a crises econômicas, este portanto fica mais evidente quando é analisada a correlação entre a frequência de suicídio e as fases econômicas. O suicídio anômico é comum na sociedade moderna.
Os documentários da Débora Diniz (àmargem do corpo e solitário anônimo) trazem uma ilustração de como a sociedade encara a direito a vida e a morte. Tendemos a considerar o valor da vida como único, não nos atemos as diversidades em valorar esta.
No primeiro documentário é contado a história de uma mulher vitima de um estupro que fica grávida e lhe é impedido a realização do aborto, ela então têm uma filha proveniente deste, e quecomete um ritual de “sacrifício” com esta criança. O que chama a atenção embora muitos depoimentos, nenhum deles consegue chegar a um consenso sobre quem é a personagem principal, evidenciando o caráter da diversidade das interpretações. No segundo é contada a história de um homem do qual lhe foi negado o direito de morrer, o personagem principal tenta morrer de inanição quando é encontrado e levadoao hospital onde o alimentam forçadamente.
A principal contribuição dos documentários é nos fazer pensar sobre o direito a morte, temos este direito? Se temos porque é proibido? As mulheres tem o direito ao aborto? Tendemos a encarar os fenômenos mais como decorrente de uma individualidade, do que como um fato social, consequente de uma sociedade. Talvez esta seja a principal contribuição da...
tracking img