Antropologia cultural - woodstock

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“Woodstock,1969 - Three days of peace & music!”
Cartaz do Festival de Woodstock.
A Feira de Arte e Música de Woodstock, em 1969, foi com certeza o evento musical de maior importância da história contemporânea. Durante três dias do mês de agosto de 1969 (15, 16 e 17), mais de 450 mil pessoas se reuniram em um pasto no Condado de Sullivan, Bethel, Nova York e transformaram o local numa verdadeiranação contra-cultural na qual a lei era abrir as mentes, consumir drogas e cultuar o amor livre ao som de muito rock ‘n roll. No palco, artistas como Janis Joplin e Jimi Hendrix e bandas lendárias como o The Who espalharam suas mensagens de “paz e amor” e protesto contra a sociedade consumista e a guerra no Vietnã.
Apesar do fracasso do festival, que ainda teve outras edições com menor sucesso,muitos dizem que o Woodstock marcou o fim da ingenuidade e utopia que cercavam os anos 60. Outros dizem que foi uma verdadeira revolução nos valores sociais. Numa coisa não podemos discordar: foi um marco historicamente importante não só para a música, como também para o homem.





















O contexto histórico
Anos 60. O mundo, em especial os Estados Unidos, passavapor um momento de guerra, aflição, desilusão e violência. A época mais conturbada do século XX deixava no ar uma sensação de vazio, total falta de expectativa para o futuro próximo. Presenciamos também o surgimento e consolidação do movimento Hippie, com seus membros armados de amor, flores, mensagens de paz e contracultura.
“A chamada "contracultura" - supondo uma homogeneidade maior do que arealidade - foi uma vasta corrente englobando a herança da "geração beat", o movimento de contestação da juventude (que acabaria desembocando nas grandes revoltas estudantis) e o movimento hippie, além das inúmeras ramificações nascidas dessa nebulosa, como os movimentos "alternativos".
http://www.sunrisemusics.com/link6s.htm
É nesse cenário de fim de festa, nesse clima de revolução cultural queo Woodstock, maior festival de música da história contemporânea encontra terreno e solo fértil para acontecer e deixar marcas na sociedade.

Bastidores do Woodstock.
Artie Kornfeld, Michael Lang, John Roberts e Joel Rosenman foram os responsáveis pela idéia e a realização do Woodstock. Reuniram-se pela primeira vez em fevereiro de 1969 e com muito dinheiro no bolso (John Roberts entrou com odinheiro. Era o herdeiro da fortuna de uma farmácia e de uma fábrica de pasta de dentes.), vontade de fazer um festival de música de grandes proporções e unidos por um único ideal (sexo, drogas, rock n’ roll e, claro, lucro), criaram a Woodstock Ventures Inc, que colocaria em prática a idéia do Festival, que custou, basicamente, mais de $2,4 milhões de dólares.
O evento aconteceria fora da cidadegrande, afirmando o clima de fugere urbens (fuga da cidade) e desde o começo foi programado para ser o maior festival de música do todos os tempos. Para atrair o público, cartazes foram impressos com os símbolos e frases consagrados da contracultura. O próprio slogan, “Três dias de paz e música” já procurava deixar claras as intenções do festival: cultura hippie, sentimento anti-guerra e a vontadedos autores de manter a paz durante o evento. O Festival não deveria ser visto apenas como palcos exagerados e grandes artistas se apresentando; Woodstock devia ser um estado de espírito, um momento de confraternização e algo que marcasse toda uma geração.
Já tinham o capital, a idéia, só faltava o lugar. Um evento desse porte precisaria de espaço livre para abrigar, inicialmente, 100 milpessoas. Encontraram os 300 acres do Mills Industrial Park, próximo à Nova York; porém era óbvio que o ambiente em nada representava o clima de “de volta à terra” proposto pelo evento, mas como o espaço era bom e tinha condições favoráveis (água encanada, por exemplo), começaram a trabalhar mesmo assim. Espalharam anúncios por revistas e jornais, mensagens de contracultura para atrair público e outras...
tracking img