Antioxidantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3950 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
oxidantes * CONHEÇA OS SEGREDOS DOS ALIMENTOS MAIS ENERGÉTICOS
* UMEBOSHI
* Óleo do coco
* PROPRIEDADES DO MEL
* O que é o Kéfir?
* MASSA MUSCULAR vs MASSA GORDA
* Informações sobre fontes de cálcio e quantidades de Lactose
* Alimentação e a Gripe A
* Potenciais substâncias alimentares interactivas
* Efeitos do medicamento na ingestão alimentar e no estadonutricional
* Alguns conselhos durante a amamentação e para o bébé
* Fontes alimentares ricas em Vitamina K
* Fontes alimentares ricas em substâncias ácidas
* Fontes Alimentares Ricas em Magnésio
* Antioxidantes
* Absorção de Nutrientes
* Nutrição na Terceira Idade
* Fontes Alimentares Ricas em Potássio
* Introdução alimentar para bébés
* O exercício regular eo emagrecimento
Sabia Que...
* A maioria dos adolescentes experimentará o álcool
* Campanha de sensibilização para a Osteoporose
* Factos sobre o exercicio e a actividade física
* Factos sobre a alimentação e a nutrição
* Factos sobre a diabetes no mundo
 Links de Interesse
* FAO-Food and Agriculture Organization of the United Nations
* Faculdade Ciências daNutrição e Alimentação do Porto
* Associação Portuguesa de Nutricionistas
* FPC – Fundação Portuguesa de Cardiologia
* EFSA-Agência Europeia para a Segurança Alimentar
* Baylor College
* ADA-American Dietetic Association
* Organização Mundial de Saúde
* British Nutrition Foundation
* FDA-Food and Drug Administration

|

Antioxidantes
| | | |
Desde os anos 80que um número crescente de investigações tem confirmado que muitas das doenças mais comuns do século XX estão associadas a uma escassez de nutrientes antioxidantes. O papel dos antioxidantes é tão importante que a ciência médica está a começar a considerar a presença de qualquer das doenças abaixo enumeradas como um sinal de deficiência provável de antioxidantes, tal como escorbuto é um sinal dedeficiência em vitamina C.
Há, portanto, uma correlação entre o baixo consumo de antioxidantes e a elevada incidência de doenças crónicas e poderemos assistir a uma maior incidência destas doenças já que, actualmente, a juventude tem uma maior esperança de vida.
Doenças provavelmente resultantes de deficiências em antioxidantes
Ø Doença de Alzheimer
Ø Cancro
Ø Doença cardiovascular
Ø CataratasØ Diabetes
Ø Hipertensão
Ø Infertilidade
Ø Doença peridental (dentes)
Ø Infecções das vias respiratórias
Ø Artrite reumatóide
O denominador comum no processo de envelhecimento e nas doenças que lhe estão associadas chama-se lesão oxidativa. Os antioxidantes, são nutrientes que ajudam a proteger o organismo desta lesão por intermédio da prevenção e tratamento da doença. Os principaisprotagonistas são as vitaminas A, C e E mais o betacaroteno, precursor da vitamina A que se encontra na fruta e nos legumes. A sua presença na nossa alimentação e os seus níveis no nosso sangue podem vir a revelar-se o melhor indicador para prevenir a doença.
O que é um antioxidante?
O oxigénio é a base de toda a vida vegetal e animal. É o nosso nutriente mais importante, necessário a todas as células.Sem ele, não poderíamos libertar a energia dos alimentos que comanda todos os processos orgânicos. O oxigénio, no entanto, é quimicamente reactivo e altamente perigoso: em reacções bioquímicas normais, o oxigénio pode tornar-se instável e capaz de «oxidar» as moléculas vizinhas. Isto pode conduzir à degeneração celular que poderá desencadear o cancro, inflamação, lesões nas artérias eenvelhecimento.
Chamam-se antioxidantes às substâncias capazes de desarmar os radicais livres. Algumas são nutrientes essenciais conhecidos, como a vitamina A e o betacaroteno, e as vitaminas C e E.
O equilíbrio entre a nossa ingestão de antioxidantes e a exposição aos radicais livres pode ser literalmente o equilíbrio do nosso corpo. É possível pôr a balança a pender a nosso favor por intermédio de...
tracking img