Antiguidade Oriental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1552 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto


A Antigüidade Oriental – Sumérios, Acádios, Assírios e Persas


A Mesopotâmia compreendia a região entre os rios Tigre e Eufrates.
As cheias desses rios alagavam e fertilizavam as planícies, mas elas eram menos regulares que as do Nilo, exigindo mais trabalho para seu aproveitamento. Os primeiros povoadores da Mesopotâmia chegaram à região por volta do IV milênio a.C.; no início do IIImilênio a.C. chegaram os semitas.
A primeira civilização da Mesopotâmia foi a dos sumérios, seguida pela dos Acádios. Os sumérios fundaram várias cidades: Quish, Ur, Lagash, Eridu e Nipur; eram verdadeiras Cidades-Estado, governadas por um patesi, espécie de rei-sacerdote.
Os Acádios assimilaram e difundiram a cultura suméria, formando um vasto reino na Mesopotâmia; mas seu império acaboudestruído.
Depois de uma breve recuperação da cidade de Ur, ocorreu a invasão dos elamitas, iniciando-se então a hegemonia da cidade de Babilônia, fundada pelos semitas.
A supremacia da Babilônia atingiu seu apogeu na época de Hamurabi, o grande rei que fundou o 1° Império Babilônico e que organizou o primeiro grande código de leis que se conhece.
Hamurabi procurou dar eficiência à administração doImpério, transformou a língua acádia em língua oficial e elevou Marduck a deus supremo da Mesopotâmia. Este Império foi destruído por invasões por volta do século XVI a.C.
A partir de então começou a fase de supremacia dos assírios que, após uma tentativa frustrada no século XII, conseguiram dominar toda a Mesopotâmia até 612 a.C. Porém os assírios impunham sua dominação pelo terror e issoprovocava constantes revoltas dos povos subjugados; finalmente, os medos, aliados dos babilônios, tomaram Nínive em 612 a.C.
Com a destruição do Império Assírio, os babilônios aproveitaram para implantar o Segundo Império Babilônico.
Fundado por Nabupolasar, o Império atingiu seu apogeu com Nabucodonosor, que conquistou a Palestina, tomando Jerusalém, escravizando os hebreus; para comemorar suasvitórias, construiu numerosos templos e palácios.
Depois da união entre medos e persas, no reinado de Ciro, os persas venceram a Lídia, dominaram toda a Mesopotâmia, submeteram as cidades gregas da Ásia, venceram o Egito e conquistaram a Trácia.
Depois da morte de Cambises II, o Império entrou em crise, devido aos problemas de sucessão; Dario se impôs como novo soberano depois de liquidar seus rivais.As atividades artesanais
Complementavam a produção do setor agrícola. A confecção de tecidos de lã em geral era realizada pela própria família, com exceção de algumas oficinas que funcionavam nos palácios e templos. Os artesão mesopotâmicos possuíam notável habilidade e fabricavam sobretudo móveis, objetos esmaltados, de metal e bijuterias.

A organização social
A sociedade mesopotâmicaera muito complexa, por causa da diversidade de origem dos povos que viveram na região, a exemplo dos sumérios e semitas. Além disso, raramente esse povos estiveram reunidos sob o mesmo soberano.
O rei, para os mesopotâmios, não era considerado um deus vivo, como para os egípcios. Era apenas um representante de deus, um intermediário designado por deus para interpretar a sua vontade.
A sociedadecompreendia homens livres – comerciantes e proprietários agrícolas – e escravos. Escribas, médios, funcionários e artífices completavam o quadro social, caracterizado por extrema rigidez.

A religião mesopotâmica
Os deuses eram muito numerosos na Mesopotâmia. Apresentados sob forma humana, representavam as forças da natureza e os astros do céu.
Alguns deuses eram objeto de um culto geral,como: Anu, deus do céu; Shamash, deus do sol e da justiça; Sin, deusa da lua; Ea, deus das águas; Ishtar, deusa do amor e da guerra.
Eram geral, cada povo mesopotâmico cultuava com mais intensidade um determinado deus. Assim, Marduck era o deus dos babilônios; Assur, o deus dos assírios. Ishtar, cultuada de maneira especial por todos os povos, era a deusa por excelência; concedia a vitória e...
tracking img