Antigo testamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 176 (43945 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
KAISER JR.

WALTER C.

Copyright Título do Traduzido Publishinf

© 1978 Zondervan Corporation original: Toward an Old Testament Theology da edição publicada pela Zondervan House - Grand Rapids, Michigan 49506, EUA

1a. edição: 1980 2a. edição (revisada): 1984 Reimpressões: 1988, 1996, 1997, 1999, 2000, 2007 Publicado no Brasil com a devida autorização e com todos os direitosreservados por
SOCIEDADE RELIGIOSA EDIÇÕES VIDA NOVA,

Caixa Postal 21266, São Paulo, SP 04602-970 www.vidanova.com,br Proibida a reprodução por quaisquer meios (mecânicos, eletrônicos, xerográficos, fotográficos, gravação, estocagem em banco de dados, etc.), a não ser em citações breves, com indicação de fonte.
Printed in Brazil / Impresso no Brasil

ISBN 978-85-275-0136-1

ÍNDICE

PREFACIOVII 2 22 43 57

PARTE I
CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3 CAPÍTULO 4

DEFINIÇÃO E MÉTODO
A Importância da Definiçffo e Metodologia A Identificação de um Centro Teológico Canónico O Desenvolvimento de um Esboço para a Teologia do Antigo Testamento As Conexões Através das Épocas Históricas de Temas Emergentes

PARTE II
CAPÍTULO 5 CAPÍTULO 6 CAPÍTULO 7 CAPÍTULO 8 CAPÍTULO 9 CAPÍTULO 10CAPÍTULO 11 CAPÍTULO 12 CAPÍTULO 13 CAPÍTULO 14 CAPÍTULO 15

MATERIAIS PARA UMA TEOLOGIA DO ANTIGO TESTAMENTO
Protegômenos à Promessa: A Era Pré-patriarcal Provisões na Promessa: A Era Patriarcal O Povo na Promessa: A Era Mosaica O Local da Promessa: A Era Pré-monárquica O Rei da Promessa: A Era Davfdica A Vida na Promessa: A Era Sapiencial O Dia da Promessa: Século Nono O Servo da Promessa: SéculoOitavo A Renovação da Promessa: Século Sétimo O Reino da Promessa: Os Profetas do Exílio 1 0 Triunfo da Promessa: Os Tempos Pós-exflicos 73 87 105 127 147 169 187 199 228 244 258

PARTE III
CAPÍTULO 16

A CONEXÃO COM A TEOLOGIA DO NOVO TESTAMENTO
O Antigo Testamento e o Novo Testamento fNDICE DE AUTORES tN DICE DE ASSUNTOS ÍNDICE DE REFERÊNCIAS iftDICE DE PALAVRAS HEBRAICAS 271 279 283 287 309 Nenhum aspecto dos estudos vétera-testamentários é mais exigente do que a teologia. A pura magnitude e o escopo desta disciplina já foram suficientes para desencorajar a maioria dos estudiosos de entrarem com a sua contribuição antes de já estar à vista o f i m das suas carreiras acadêmicas. Tal cautela deveria ter solucionado a questão para este escritor. No entanto, quanto mais lia asteoiogias dos nossos dias, tanto mais inquieto me sentia. Senti que algumas opções importantes estavam sendo negligenciadas no diálogo contem-* poráneo. Este era especialmente o caso na área instável da metodologia e da definição. É nosso argumento que a teologia do Antigo Testamento funciona methor como serva à teologia exegética ao invés de desempenhar seu papel tradicional de suprir dados àteologia sistemática, O intérprete precisa de algum meio de facilmente obter a teologia que se relaciona com o texto que investiga. Este novo papel para a teologia bíblica vem apresentado na Parte I. Se nossa análise se revelar como verdadeira, poderá suprir o ingrediente que falta no debate cheio de perplexidades entre um tipo a,C. de teologia, meramente descrita, e uma teologia imposta e normativa,tipo d.C. E nosso argumento que os próprios escritores, por meio de referências explícitas, alusões e suposições inferidas colocavam suas mensagens contra um pano de fundo de uma teologia acumulada que eles, seus ouvintes, e, agora, seus leitores, teriam que relembrar se eles realmente queriam atingir a profundidade aa mensagem originalmente pretendida. E por esta razão que temos tomado partido aolado do método diacrónico de Gerhard von Rad, porque é ele que melhor servirá as necessidades da exegese e levará adiante a visão original da disciplina.

Havia outro assunto, também. A busca da unidade da mensagem do Antigo Testamento conforme se acha no seu atual formato conônico é pressuposta por todos no próprio nome da matéria — teologia, não teologias, do Antigo Testamento — mas quase...
tracking img