Antibioticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1506 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
5002 - aigoloiborciM ed oçivreS e anilpicsiD
AK A N AT AR ABI EI HS OI

Mecanismos de Aquisição de Resistência Bacteriana a Antimicrobianos.

Como as bactérias vêm ao mundo?
• • • • Por divisão binária da célula-mãe; Tempo de geração: 20 a 30 minutos; Informação genética: cromossomo ou plasmídios; Genes de resistência bacteriana: 1. como definir bactéria sensível ou resistente? 2. paraque drogas? A quantas drogas? 3. como as bactérias adquirem estes genes? Resistência natural ou adquirida? exemplos: E.coli – benzil-penicilina e ampicilina.

• MUTAÇÃO (cromossomo)

Mecanismos de aquisição de resistência – genes de resistência

• TRANSFERÊNCIA DE GENES DE RESISTÊNCIA: - genes cromossomais - genes extracromossomais (plasmídios): conjugação, transdução e transformação. Como são traduzidas as informações carreadas por estes genes de resistência?

Produção de enzimas que modificam a parte ativa da molécula do antibacteriano;

produção de novas enzimas que não sofrem ação do antibacteriano (PBPs alteradas), sem perda da atividade metabólica; alteração do sítio de ação (alvo) diminuição da permeabilidade outros

expulsão do antibacteriano - bombas de efluxo FUNGOS: Penicillium penicilinas Cephalosporium cefalosporinas BACTÉRIAS: Streptomyces - estreptomicina, canamicina, neomicina, tobramicina, eritromicina, rifampicina, tienamicina, vancomicina Micromonospora gentamicina, sisomicina Bacillus polimixinas, bacitracina Chromobacterium aztreonam

ORIGEM DOS PRINCIPAIS ANTIBIÓTICOS

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
PENICILINAS(betalactâmicos) penicilinas naturais - penicilina G oxacilina, cloxacilina e meticilina

penicilinas resistentes a beta-lactamases aminopenicilinas - ampicilina, amoxicilina

carboxipenicilinas - carbenicilina, ticarcilina ureidopenicilinas - piperacilina, mezlocilina, azlocilina.

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
BETALACTÂMICOS + INIBIDORES DE BETALACTAMASESamoxicilina + ácido clavulânico ampicilina + sulbactam ticarcilina + ácido clavulânico piperacilina + tazobactam

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
cefalosporinas de 1ª geração: cefalotina, cefazolina, cefalexina

CEFENS (betalactâmicos)

cefotetan, cefmetazol

cefamicinas (cefalosporinas de 2ª geração): cefoxitina,

cefalosporinas de 2ª geração: cefuroximasódica (parenteral), cefamandol, cefaclor, cefuroxima acetil (oral) ceftazidima, cefixima, cefpodoxima cefalosporinas de 3ª geração: cefotaxima, ceftriaxona, cefalosporinas de 4ª geração: cefepima

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
MONOBACTAM (betalactâmico) CARBAPENENS (betalactâmico) aztreonam

imipenem, meropenem e ertapenem

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAISCLASSES DE ANTIMICROBIANOS
AMINOGLICOSÍDIOS

amicacina, gentamicina, netilmicina, tobramicina, estreptomicina, neomicina, canamicina clindamicina, lincomicina

LINCOSAMIDAS

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
QUINOLONAS

FLUOROQUINOLONAS

ácido nalidíxico, ácido pipemídico ciprofloxacina, ofloxacina, norfloxacina, lomefloxacina, grepafloxacinalevofloxacina, gatifloxacina, sparfloxacina,

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
ANSAMICINAS MACROLÍDIOS roxitromicina rifampicina

eritromicina, azitromicina, claritromicina,

GLICOPEPTÍDIOS

vancomicina, teicoplanina

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
TETRACICLINA FENICOL tetraciclina, doxiciclina, minociclina cloranfenicolNITROFURANTOÍNA NITROMIDAZOL nitrofurantpína metronidazol

0002 ,lla te LITSULPO

PRINCIPAIS CLASSES DE ANTIMICROBIANOS
ESTREPTOGRAMINA OXAZOLIDINONA linezolida quinupristina/dalfopristina

INIBIDORES DO ÁCIDO FÓLICO

sulfametoxazol/trimetoprima, sulfonamidas

0002 ,lla te LITSULPO

amirpotemirt sadimanoflus

anicipmafir sanoloniuq lozadinortem

anicimadnilc e anicimocnil...
tracking img