Antenas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1295 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPÍTULO 25
ANTENAS
(transmissoras e receptoras)


Transmissoras:
Muitos são os tipos de antenas transmissoras e estes vários tipos se dividem em dois grupos:
· Direcionais
· Isotrópicas

Chamamos de antena direcional a antena que transmite para apenas uma direção. Como por exemplo, podemos citar uma antena parabólica.
Antenas isotrópicas são, ao contrário das direcionais,antenas que transmitem para todos os lados.
Uma antena transmissora cria no espaço dois campos, um magnético e o outro elétrico. Estes campos deslocam-se no espaço e ao encontrarem condutores elétricos, produzem neles, por indução eletromagnética diferença de potencial (ddp) e, desta forma, originam nestes mesmos condutores, correntes elétricas.



Receptoras:
Caso o condutor induzidoseja uma antena, teremos como utilizar esta informação presente nela.
Uma antena receptora será um receptor para todas as freqüências presentes no espaço. Desta forma, teremos numa antena diversas ddps e correntes criadas, ou melhor, induzidas por estas várias freqüências.
Embora existam várias correntes e tensões elas não se misturam, isto devido ao fato de que cada uma possui uma freqüênciaprópria.
A melhor recepção será conseguida pelo sinal que mais se aproximar do comprimento da antena.
Quanto uma antena possui um ou mais comprimentos de onda do sinal recebido, dizemos que ela está em ressonância com o campo e em ressonância com a ddp e a corrente.
Quando a antena está em ressonância possuímos a máxima recepção.
É bom observar que a condução de ressonância pode ocorrer emoutros casos.
Veja abaixo:
Condução de ressonância:
· Um ou mais comprimentos de onda
· ¾ de onda
· ½ onda
· 1/5 de onda




Como podemos perceber pela figura passada, quando a antena possui o mesmo comprimento de um ciclo de onda dizemos que ela está em ressonância com um comprimento de onda.
Quando é igual a 4 ciclos está em ressonância com comprimentos de onda. Eassim por diante.
Obs: chamamos de comprimento de onda o espaço pelo período de um ciclo.

Uma antena apresenta perdas, estas perdas se devem ao fato de se existir diversas resistências na mesma.
A resistência é mínima quando a antena está em ressonância, ou seja, o sinal que está em ressonância com a antena ficará submetida a uma menor resistência. Essa resistência recebe o nome deimpedância, características da antena.
A impedância de uma antena é dada em ohms (). As antenas receptoras para TV, geralmente, possuem uma impedância de 75 a 300 .
As antenas possuem uma certa seletividade, ou seja, uma antena projetada para ressonar em uma determinada freqüência irá ter um ganho maior para esta freqüência e para as freqüências próximas a ela. A esse conjunto da freqüência ressonantemais as freqüências próximas damos o nome de banda passante ou faixa passante.


Vejamos as figuras a seguir:

A figura 1 representa o ganho, definido, como amplitude de uma antena de faixa passante estreita.
A figura 2 representa uma antena de faixa passante média.
A figura 3 representa uma antena de faixa passante larga.
Fo – freqüência de ressonância
Fi – freqüência mínimaadmissível
F2 – freqüência máxima permitida
Em TV, a antena receptora deve apresentar uma faixa passante larga, visto que o canal possui 6 MHz de largura.
Novamente nos referimos as 3 figuras, podemos dizer que a primeira é mais seletiva que a segunda e que a segunda é mais seletiva que a terceira.
Com seletividade queremos dizer a capacidade que a antena tem de separar uma freqüência ou faixade freqüência das outras.
Quanto menor esta faixa maior a seletividade.

Antena Dipólo:
A antena dipolo é a antena receptora mais simples. Chamamos ela de dipolo por possuir apenas duas (di) partes.
Numa antena receptora e, conseqüentemente, num dipolo, a tensão induzida e a corrente se comportam da seguinte forma:

Supondo que o espaço entre as partes A e B seja a barra ou um...
tracking img