Anorexia e bulimia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2680 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROMOÇÃO DA SAÚDE

ANOREXIA E BULIMIA

O que é a Bulimia?
A Bulimia é um distúrbio alimentar grave. Caracteriza-se por episódios de ingestão compulsiva que consistem em comer, num curto período de tempo, uma quantidade anormalmente grande de comida, com a sensação de perda de controlo. Enquanto uma pessoa normal consome diariamente de 2000 a 3000 calorias, um bulímico pode ingerir de 10000a 20000 de cada vez e ocasionalmente até 50000. Nestes episódios os doentes ingerem habitualmente comida que consideram “proibida” como doces e hidratos de carbono. Estes doentes têm ainda comportamentos compensatórios como vomitar, usar laxantes, diuréticos ou outros medicamentos, fazer jejum e exercício físico excessivo. Os bulímicos manifestam insatisfação com o seu próprio corpo e desejos deserem mais magros. Habitualmente tem um peso normal (ou ligeiramente acima ou abaixo do peso normal), mas acham-se gordos, especialmente em determinadas partes do corpo.

Causas
Pouco se conhece a respeito das causas da Bulimia Nervosa. Possivelmente exista um modelo onde múltiplas causas devem interagir para o surgimento da doença, incluindo aspectos socioculturais, psicológicos, individuaise familiares, neuroquímicos e genéticos. A influência cultural tem sido apontada, actualmente, como um forte desencadeante; o corpo magro é encarado como símbolo de beleza, poder, auto controle e modernidade. Desta forma a propaganda dos regimes convence o público de que o corpo pode ser moldado. Assim, a busca pelo corpo perfeito tem se manifestado em três áreas: nutrição/dieta, actividadefísica e cirurgia plástica. Nos EUA os números de lipoaspiração passaram de aproximadamente 55.900 casos em 1981 para 101.000 em 1988. Distúrbio da interacção familiar, eventos interessantes relacionados à sexualidade e formação da identidade pessoal são apontados como factores desencadeantes ou mantedores da bulimia. Postula-se que alterações de diferentes neurotransmissores podem contribuir para ocomplexo sintomático, notadamente dos mesmos neurotransmissores envolvidos na depressão emocional.

2

Sintomas físicos e psíquicos
. Sensação de debilidade . Enjoos . Dor de cabeça . Inchaço da cara (por o aumento das glândulas salivares e parótidas) . Erosão do esmalte dental (pelos vómitos) . Queda de cabelo . Medo de engordar . Alimentação compulsiva (incapacidade de controlar taisepisódios) . Peso normal . Os períodos menstruais tornam-se irregulares . Uso excessivo de laxantes . Frequentemente padecem de depressões (50% dos casos), condutas compulsivas, transtornos de ansiedade, baixa auto estima e outras alterações sísmicas.

Tipos de Bulimia
Os seguintes subtipos podem ser usados para especificar a presença ou ausência regular de métodos purgativos como meio de compensaruma compulsão periódica: Tipo Purgativo: Este subtipo descreve apresentações nas quais o paciente se envolveu regularmente na auto-indução de vómito ou no uso indevido de laxantes, diuréticos ou enemas durante o episódio actual. Tipo Sem Purgação: Este subtipo descreve apresentações nas quais o paciente usou outros comportamentos compensatórios inadequados, tais como jejuns ou exercíciosexcessivos, mas não se envolveu regularmente na auto-indução de vómitos ou no uso indevido de laxantes, diuréticos ou enemas durante o episódio actual.

3

Transtornos associados
Os pacientes com Bulimia Nervosa tipicamente estão dentro da faixa de peso normal, embora alguns possam estar com um peso levemente acima ou abaixo do normal. O transtorno ocorre, mas não é comum, entre pacientes moderadase morbidamente obesos. Há indícios de que, antes do início do Transtorno Alimentar, os pacientes com Bulimia Nervosa estão mais propensos ao excesso de peso do que seus pares. Entre os episódios compulsivos, os pacientes com o transtorno tipicamente restringem seu consumo calórico total e seleccionam preferencialmente alimentos com baixas calorias (dite) evitando alimentos que percebem como...
tracking img