ANOREXIA, BULIMIA, VIGOREXIA E CORPOLATRIA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2817 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANOREXIA
A anorexia nervosa caracteriza-se por perda de peso intensa e intencional às expensas de dietas extremamente rígidas com uma busca desenfreada pela magreza, uma distorção grosseira da imagem corporal e alterações do ciclo menstrual.

Quanto à anorexia, esta se constitui em uma doença cujos sintomas já são relatados desde a Idade Média (Weinberg & Cordas, 2006), quando mulheresconsideradas santas aderiam a jejuns extremamente rigorosos como forma de uma ascese corporal que visava a purificar a própria alma. Embora os sintomas da anorexia tenham sempre sido registrados através dos séculos, a doença só ganha o cenário da psiquiatria moderna em 1980, com o advento do DSM - III. (Fernandes, 2006) A anorexia pode ser classificada em "anorexia restritiva" - na qual ocorremepisódios de jejuns demasiado rigorosos, havendo recusa a praticamente qualquer alimento - e "anorexia purgativa" - com sintomas bastante semelhantes aos da bulimia: há vômitos depois da ingestão (não necessariamente excessiva, como na bulimia) de alimentos.



O quadro clínico ocorre freqüentemente a partir da elaboração de uma dieta, em que o paciente inicia a restrição de grupos alimentares,eliminando aqueles que julga mais calóricos. Essa restrição alimentar aumenta progressivamente, com diminuição do número de refeições, podendo evoluir drasticamente, até o jejum. O paciente tem como meta emagrecer, cada vez mais, desejando a todo custo ficar cada vez mais magro.
Geralmente os pacientes relatam que o início do quadro se deu após um fator estressante como algum comentário sobre seu peso,ou o término de relacionamento, ou perda de ente querido. Paulatinamente o paciente passa a viver exclusivamente em função da dieta, do peso, da forma corporal, das atividades físicas, de tabela de calorias e do medo patológico de engordar. Concomitantemente esses pacientes apresentam traços de personalidade como preocupações e cautela em excesso, medo de mudanças, hipersensibilidade e gosto pelaordem.
Existem dois tipos de apresentação da anorexia nervosa: o restritivo e o purgativo. No primeiro, os pacientes utilizam comportamentos restritivos associados à dieta. Na anorexia tipo purgativa, acontecem episódios de compulsão alimentar, seguidos de métodos compensatórios, como vômitos auto induzidos e o uso de laxantes e diuréticos.
Entre os sintomas que podem ser referidos pelospacientes estão: intolerância ao frio, fadiga, queda de cabelos, constipação, dor abdominal, anorexia, letargia, pés e mãos frios, amenorréia, dificuldade de concentração, etc. Como em geral os pacientes não admitem estar doentes, eles tendem a não relatar espontaneamente suas queixas, ficando a cargo do médico de questioná-las.
Os achados clássicos no exame físico desses pacientes estão relacionados àdesnutrição e à disfunção hipotalâmica e incluem pele seca, hipotermia, bradicardia, hipotensão, bradipnéia e edema de membros.
A gravidade da desnutrição pode ser avaliada pelo índice de massa corpórea (IMC), que é obtido pela divisão do peso pelo quadrado da altura (faixa de desnutrição inferior a 18kg/m2 para adultos).








BULIMIA
A bulimia nervosa caracteriza-se por grandeingestão de alimentos com sensação de perda de controle, os chamados episódios bulímicos. A preocupação excessiva com o peso e a imagem corporal levam o paciente a métodos compensatórios inadequados para o controle de peso como vômitos auto-induzidos, uso de medicamentos (diuréticos, inibidores de apetite, laxantes), dietas e exercícios físicos._______________________________________________________________
A bulimia é uma afecção conhecida desde a Grécia antiga, sob o nome de cinorexia ou fome de cachorro. Consiste em hiperfagia seguida de vômitos. Atualmente, a bulimia é uma psicopatologia bastante debatida, embora, de forma nenhuma, tenha-se chegado a um consenso terapêutico a respeito de suas estruturas ou de seu tratamento. Os próprios media têm contribuído para fazer da afecção...
tracking img