Anorexia antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2200 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Analise reflexiva do corpo cultural |[pic] | |
|  |  |  |  |
| |*Acadêmico do curso de Graduação em EF na |Vitor Jatobá* |  |
| |Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS. |vitorjatoba@gmail.com  | |
| |**Acadêmica do curso de Graduação em EF na Universidade |Letícia Wilke Franco** | |
| |Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS e do Curso de graduação |titawfranco@gmail.com | |
| |em Psicologia na Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS. |  | |
| |(Brasil)| | |
| |  | | |
|  | |  |
| |Resumo| |
| |     Como podemos imaginar um corpo sem estar inserido em alguma cultura, é impossível levando em conta todo| |
| |este processo de globalização de informação. A mídia é uma das maiores responsáveis pela divulgação destas | |
| |informações, onde a representação humana está influenciando os sujeitos/sociais criando umarepresentação | |
| |humana hegemônica. Está representação gera inúmeros distúrbios na sociedade. | |
| |    Unitermos: Corpo. Cultura. Representação humana hegemônica. | |
| |  | ||[pic|http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Buenos Aires - Año 12 - N° 109 - Junio de 2007 |[pi|
|] | |c] |


1 / 1
Introdução
    Este é um trabalho de cunho reflexivo originado a partir de estudos teóricos relacionados à temática corpo/cultura na sociedade contemporânea,pensando nos fatores que contribuíram para a existência deste corpo cultural assim como suas conseqüências para com o indivíduo e a sociedade.

Objetivos
    Objetivamos para este estudo uma reflexão referente aos problemas existentes na(s) sociedade(s) e suas intimas relações com o corpo contemporâneo.

Reflexão
    Ao iniciar uma reflexão sobre corpo e cultura, tento idealizar um corpo quenão possua nenhum vestígio cultural. Achei impossível pensar de tal forma, pois acredito que todos estão sujeitos a sofrermos alguma interferência externa. Penso como um possível exemplo deste fato, no personagem da Disney chamado Mogli. Mesmo este menino que fora criado por lobos, incorporou nesta criação características próprias da "cultura" da alcatéia. Podemos visualizar o retrato destainfluência na figura 3, onde o menino se encontra andando sobre quatro patas e interagindo com um filhote de elefante.
[pic]
    A partir deste pensamento digo que nos identificamos como sujeitos devido as nossas relações sociais, no caso Mogli, a relação que ele passou a ter com a alcatéia. Como grande parte de nossas características são oriundas do meio, afirmo que o corpo é ele mesmo uma construçãosocial, cultural e histórica (GOELLNER, 2003).
    O corpo está tão inserido e é tão importante para a sociedade que ao mesmo tempo é capaz de produzir uma cultura e ser influenciado por outras. Concordo com Goellner quando a autora apresenta que "pensar o corpo como algo produzido na e pela cultura é, simultaneamente, um desafio e uma necessidade" (2003, p.28). Podemos compreender essa...
tracking img