Anlisando o tempo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ADM 1 Prof. Pedro Gimenes

Disciplina
Administração da Produção e Operações

ADM 2 Prof. Pedro Gimenes

Aula
Estudo de Tempos e Métodos

ADM 3 Prof. Pedro Gimenes

1. Tempos Cronometrados
A cronometragem é um dos métodos mais empregados na indústria para medir o trabalho, apesar das muitas mudanças do mundo corporativo, desde a época de Taylor continuamos cronometrando para seestabelecer padrões para a produção e para determinar custos industriais.

ADM 4 Prof. Pedro Gimenes

2. Finalidade do estudo dos tempos
Numa linha automatizada a variação de tempos é muito pequena, porém quanto maior a participação humana no processo, , maior é a dificuldade de se medir corretamente os tempos , uma vez que as pessoas tem habilidades, força e vontades diferentes. As medidas detempos padrões de produção são dados importantes para : estabelecer padrões que permitem o planejamento – avaliar o desempenho da produção em relação aos padrões existentes; fornecer dados para a determinação de custos padrões, custos de fabricação, determinação de orçamento e determinar estimativa de custos para novos produtos; fornecer dados para avaliar o processo de produção (sugerirmelhorias) como um todo.
ADM 5 Prof. Pedro Gimenes

3. Equipamentos utilizados para o Estudo de Tempos

Cronômetro de hora centesimal – uma volta corresponde a 1/100 de hora, ou 36 segundos.

do ponteiro maior

Filmadora – tem a vantagem de registrar com fidelidade o trabalho nos seus detalhes. Folha de observação – importante para se registrar os valores encontrados. Prancheta para observações –local onde se apóia a folha de observações e cronômetro.

ADM 6 Prof. Pedro Gimenes

3.1. Etapas para a determinação do tempo padrão de uma operação
Divisão da operação em elementos – fracionar a operação para se ter tempos mais precisos. Exemplo: Você está sentado no sofá ouvindo música e toca a campaninha da porta. A porta situa-se a 10m de onde você está sentado. Você deve levantar-se dosofá, andar até onde está a chave da porta (5m), pegar a chave, colocá-la na porta e abri-la. Em que elementos essa atividade pode ser dividida? Solução – Poderíamos dividir as atividades em: -Elemento 1 – levantar do sofá e pegar a chave; -Elemento 2 – andar até a porta, colocar a chave e abrir a porta.

ADM 7 Prof. Pedro Gimenes

Determinação do número de ciclos a serem cronometrados – naprática, para se determinar o tempo padrão de uma atividade, devem ser realizadas de 10 a 20 cronometragens.

ADM 8 Prof. Pedro Gimenes

ADM 9 Prof. Pedro Gimenes

Exemplo: Uma operação foi inicialmente cronometrada sete vezes, obtendo-se um tempo médio de 1 minuto e 34 segundos e uma amplitude de 20 segundos. Determinar o número de cronometragens para uma confiança de 95% e um errorelativo de 5%. Solução: n=? z = 1,96 (tabela – confiança de 95%) R = amplitude 20 segundos Er = Erro relativo de 5% d2= 2,704 (tabela – 7 cronometragens) X = 94 (1 minuto e 34 segundos = 94 segundos)

ADM 10 Prof. Pedro Gimenes

 1,96 x 20 n=  0 ,05 x 2 ,704 x 94 

  = 9 ,5  

2

Ou seja, devem ser realizadas 10 cronometragens.

ADM 11 Prof. Pedro Gimenes

Avaliação davelocidade do operador – a velocidade V (também denominada de RÍTMO) do operador é determinada subjetivamente por parte do cronometrista, que a referencia à assim denominada velocidade normal de operação, à qual é atribuído um valor 1,00 (ou 100%). Assim, se: V = 100% V > 100% V < 100% Velocidade Normal Velocidade Acelerada Velocidade Lenta

ADM 12 Prof. Pedro Gimenes

Fol h a de O bse rvaçõe s Folhanº: Dat a Operação nº da operação Nome da peça nº da peça nº da máquina Nome da máquina Nome ou mat rícula do operador Sexo Experiência no serviço Mat erial Supervisor n º da seção Início T érmino T empo decorrido Unidades acabadas T empo efet ivo Element os Vel 1 2 3 4 5 6 7 8

nº de máquinas operadas 9 10 t . escolh

T empo escolhido

Indice

t empo normal

T olerância

T empo...
tracking img