Angustia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
XI Congresso Internacional da ABRALIC
Tessituras, Interações, Convergências

13 a 17 de julho de 2008
USP – São Paulo, Brasil

Angústia: o romance no romance e as visões críticas de um
personagem-escritor
Mestre e Doutoranda Michele Giacomet1 (UFG)

Resumo:
O presente estudo se propõe a analisar o romance Angústia de Graciliano Ramos sob o ângulo do
personagem-escritor Luís da Silva eda possível escritura de um romance em seu interior.
Acreditamos ter sido a utilização do referido procedimento – o romance no romance – presente na
obra em análise o que desencadeou novas articulações no espaço textual e, entre elas, a
exposição do processo construtivo da obra. O romance passa a ser o assunto do próprio romance,
espaço em que se examina, se discute e se questiona o fazerromanesco, a matéria literária e a
linguagem literária. Atribuímos, então, um caráter inovador à obra de Graciliano Ramos, bem
como acreditamos que estes questionamentos possibilitam e/ou possibilitaram uma renovação do
gênero romanesco e, conseqüentemente, contribuíram para com a evolução do gênero romanesco.

Palavras-chave: auto-reflexividade, mise en abyme, o romance no romance.Introdução
O romance Angústia de Graciliano Ramos conta com a inserção de um personagem-escritor,
ou melhor, um narrador protagonista, que é também um personagem-escritor e que narra na
primeira pessoa do discurso. Trata-se, pois, na terminologia de Gerard Genette1, de um narrador
autodiegético. O personagem à medida que narra/escreve, tece comentários e considerações acerca
do fazer literário e de seuspróprios escritos. Portanto, Graciliano Ramos utiliza-se da estratégia da
mise en abyme2, ou construção em abismo, para deflagrar o processo de reflexividade textual.
Lucien Dällenbach, em Le récit spéculaire, assinala três formas de espelhamento: a
reduplicação simples, que consiste em um fragmento que estabelece uma relação de similitude com
a obra em que está incluído; a reduplicação aoinfinito, que apresenta também uma relação de
similitude com a obra em que está incluído, e que o inclui por sua vez, e assim continuamente; a
reduplicação aporística ou especiosa, que inclui um fragmento que inclui a obra que o inclui. As três
formas de reduplicação são denominadas mise en abyme ou espelho interno e permitem o reflexo
do conjunto da narrativa. Portanto, a questão da mise emabyme, sob todas as suas formas, tem
como aspecto fundador a noção de reflexividade. A proposição de Dällenbach conta ainda com um
quarto tipo de mise en abyme, que é a do tipo metaficcional.
Em Angústia temos a presença da mise en abyme do tipo aporística ou especiosa, ou seja,
temos a inclusão de um romance no romance (inclui a a obra que o inclui) e que implica a presença
de umpersonagem-escritor, às voltas com a escrita romanesca e questionando, do interior da
própria narrativa, aspectos diversos do fazer literário e da estética do romance.
A atitude reflexiva assumida no texto, inerente à mise en abyme, caracteriza-se por
posicionamento críticos e estéticos, que remetem ao fazer romanesco, à distribuição e à recepção,
podendo, em alguns casos, esboçar as preocupações do autorsobre esses aspectos ou, ainda,
projetarem-se sobre a obra fazendo com que o texto literário seja convertido em produto das idéias
nele propostas.
Ao assumir tais características, o romance, objeto de si mesmo, reivindica um leitor mais
ativo, que participe de interação autor-leitor. O leitor passa a ser invocado e convocado para
reconstruir a ordem do romance, para preencher as lacunas,talvez conscientemente deixadas pelo
1

GENETTE, Gerard. Discurso da narrativa. Lisboa: Vega, 1995.

2

DÄLLENBACH, Lucien. Le récit spéculaire. Paris: Seuil, 1977.

XI Congresso Internacional da ABRALIC
Tessituras, Interações, Convergências

13 a 17 de julho de 2008
USP – São Paulo, Brasil

autor. Assim, um dos temas recorrentes no romance moderno será a arte do próprio romance:...
tracking img