Anemia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2005 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
Faculdade de Veterinária
Departamento de Patologia Clínica Veterinária
Disciplina de Bioquímica e Hematologia Clínica (VET03121)
http://www.ufrgs.br/favet/bioquimica

Relatório de Caso Clínico

IDENTIFICAÇÃO
Caso: 2009/2/05 Procedência: HCV-UFRGS
No da ficha original: 56595
Espécie: canina
Raça: Cocker
Idade: 4 anos
Sexo: fêmea
Peso: 13,6kg
Alunos(as): Daniele Mariath, Fabiana Wurster, Lídia Sbaraini, Nicole Lângaro
Ano/semestre: 2009/2
Residentes/Plantonistas:
Médico(a) Veterinário(a) responsável: Luciana Scherch
ANAMNESE
No dia 19 de agosto a proprietária relatou que o animal foi para pet shop pela primeira vez para banho e
tosa e, ao retornar, percebeu comportamento alterado (inapetência, fraqueza e prostração), mucosaspálidas e urina de coloração escura (lembrava o aspecto de sangue); na data da consulta, o animal bebeu
água pela manhã e ingeriu comida caseira sem sal; conforme a proprietária, a vacinação e a vermifugação
tinham sido realizados.
EXAME CLÍNICO
Temperatura retal: 38,5oC; mucosas pálidas e ictéricas; tempo de enchimento capilar: > 2 segundos;
frequência cardíaca: 188 bpm; frequênciarespiratória: 44 mpm; ausculta cardiorrespiratória: sem alteração;
pressão arterial: sem alteração.
EXAMES COMPLEMENTARES
Amostra: soro.
Lactato: 111 mg/dL (2 a 13 mg/dL)
URINÁLISE
Método de coleta: micção natural Obs.: presença de diversos aglomerados de eritrócitos e sobrenadante
vermelho após centrifugação.
Exame físico
cor
consistência
odor
aspecto
densidade específica (1,015-1,045)
marromfluida
turvo
1,038
Exame químico
pH (5,5-7,5)
corpos cetônicos glicose pigmentos biliares proteína hemoglobina sangue
nitritos
8,5
+++
+
+++
+++
++
+++
n.d.
Sedimento urinário (no médio de elementos por campo de 400 x)
Células epiteliais: 1 Tipo: escamosas e transição
Hemácias: 100
Cilindros:
Tipo:
Leucócitos:
Outros: Cristais Tipo: Fosfato triplo (estruvita) 3+Bacteriúria: moderada
n.d.: não determinado

BIOQUÍMICA SANGÜÍNEA
Tipo de amostra: soro
Proteínas totais: 96,7 g/L (54-71)
Albumina: 29,9 g/L (26-33)
Globulinas: 66,8 g/L (27-44)
BT:
mg/dL (0,1-0,5)
BL:
mg/dL (0,01-0,49)
BC:
mg/dL (0,06-0,12)

Anticoagulante:
Glicose: 124 mg/dL (65-118)
Colesterol total:
mg/dL (135-270)
Uréia: 33 mg/dL (21-60)
Creatinina: 0,4 mg/dL (0,5-1,5)
Cálcio:mg/dL (9,0-11,3)
Fósforo:
mg/dL (2,6-6,2)
BT: bilirrubina total

Hemólise da amostra: severa
ALP: 159 U/L (0-156)
ALT: 296 U/L (0-102)
CPK:
U/L (0-125)
Frutosamina: 235 μmol/L (170 a 330)
:
(
)
:
(
)

BL: bilirrubina livre (indireta)

BC: bilirrubina conjugada (direta)

Caso clínico 2009/2/05

página 2

HEMOGRAMA
Leucócitos
Quantidade: 18.400/μL (6.000-17.000)
TipoQuantidade/μL
Mielócitos
0 (0)
Metamielócitos
0 (0)
Bastonados
1.040 (0-300)
Segmentados
17.472 (3.000-11.500)
Basófilos
0 (0)
Eosinófilos
0 (100-1.250)

%
0 (0)
0 (0)
5 (0-3)
84 (60-77)
0 (0)
0 (2-10)

Monócitos

1.248

(150-1.350)

6

(3-10)

Linfócitos
Plasmócitos
Morfologia:

1.040
0

(1.000-4.800)

5
0

(12-30)

(0)

(0)

Eritrócitos
Quantidade:0,99 milhões/μL (5,5-8,5)
Hematócrito: 8,0 % (37-55)
Hemoglobina: 3,7 g/dL (12-18)
VCM (Vol. Corpuscular Médio): 81 fL (60-77)
CHCM (Conc. Hb Corp. Média): 46,2 % (32-36)
Morfologia: esferócitos (2+); policromasia
(3+); anisocitose (2+)
Obs.: Contagem de reticulócitos corrigida: 4,23 %
Presença de eritroblastos (/100 leucócitos): 13
Plaquetas
Quantidade: 155.000/μL (200.000-500.000)Observações:

TRATAMENTO E EVOLUÇÃO
19/08/09: foi feita a administração de Plasil via subcutânea (cloridrato de metaclopramida). A
metaclopramida aumenta a pressão do esfíncter esofágico além de acelerar o esvaziamento esofageano,
melhorando, assim, a barreira antirrefluxo (KODA, 1996). Este medicamento foi indicado pela ocorrência de
vômito, e, juntamente, foi administrado Ranitidina via...
tracking img