Andy warhol e sua influencia antistica no mundo atual e na comunidade gay

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (639 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Duas décadas após sua morte, Andy Warhol ainda é uma referencia artística e produtiva. Antes dele muitos artistas tinham ajudantes, mas no caso de Warhol o número de empregados se comparava à umapequena fábrica. Isso era visto até como um novo clique, mas Warhol diz disso: “As pessoas achavam que era em volta de mim que juntava mais pessoas na Fábrica... mas era justamente o contrário. Eu eraquem se juntava em volta das pessoas. Eu só pagava o aluguel.”
Apesar da imagem feita da Fabrica atiçar a imaginação pública, Warhol abandonou o termo mais tarde. Pra ele o lugar era umescritório, uma empresa artística onde ele e “as crianças” trabalhavam. A Fábrica permitia ao Warhol pintar, filmar, publicar revistas, publicar um romance e um livro de filosofia, atuar, entre outrasfaçanhas lucrativas.
O movimento que o artista plástico Andy Warhol propôs em sua fabrica em Nova York transcendia a castidade, quebrava estereótipos e ainda falava de uma grande abertura das artespara o mercado de massas, em que tudo era produzido em escalas. Mas mais que isso, a geração tímida gay encontrou sua voz em cidades d oeste europeu e dos Estados Unidos como Londres, Berlim, Nova York eSan Diego.
A defesa dos seus direitos, a exposição da (homo)sexualidade levou a uma politização. As roupas de cores fortes, com comprimentos mais curtos e mais justos, que não seriam hojeinusitadas, eram facilmente tachadas naquelas décadas como um visual “gay”.
Na geração contemporânea de artistas, por exemplo, Richard Prince, a prática já é diferente da de Andy Warhol. Osartistas já não se rebelam mais contra o modernismo, eles fazem dele o que acham natural. São representantes fortes desse movimento Prince, o Koons, o Hirst e o Murakami. Estes últimos conseguiram o queWarhol mais desejava: dinheiro e fama; eles têm mais empregados do que o Warhol poderia imaginar ter. Hirst tem restaurantes, tem lojas, e até ameaçou começar uma revolução por não passar mais seus...
tracking img