Anatonia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1683 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Existem referências à hanseníase em livros muito antigos, escritos na Índia e na China, séculos antes de Cristo. Provavelmente foi o exército de Alexandre, o Grande, que disseminou a doença pelo continente europeu, quando regressou das campanhas da Ásia.
Na Bíblia, são descritos casos dessa doença infectocontagiosa que atacava principalmente a pele, os olhos e os nervos. Asdeformidades que provocava eram motivo para seus portadores serem excluídos do convívio social. Considerada castigo dos deuses, os doentes eram recolhidos em leprosários, onde ficavam até morrer. Ou, sem socorro nem tratamento, perambulavam pelas ruas com o rosto e o corpo cobertos por andrajos, pedindo esmolas com uma latinha amarrada na ponta de uma vara para esconder as mãos deformadas pela doença.
Aolongo dos tempos, a hanseníase foi uma moléstia estigmatizante. Na história da humanidade, poucas doenças foram cobertas por manto de ignorância tão espesso. O preconceito era tanto que o nome lepra (lepros em grego não quer dizer nada além do que manchas na pele), utilizado no passado, assustava as pessoas e as mantinha à distância dos pacientes.
Mais tarde, quando Hansen descobriu o bacilo quecausava a doença, ela passou a ser conhecida como hanseníase, uma doença como tantas outras provocadas por bactérias e que, graças ao avanço da ciência, hoje tem cura.













Desenvolvimento

A Mycobacterium leprae responsável pela hanseníase foi descrita por Hansen (nome do cientista que deu origem à palavra hanseníase), em 1873. Essa bactéria tem importância históricaporque foi a primeira a ser reconhecida como causadora de uma doença.
A hanseníase é basicamente uma doença cutânea, mas que pode afetar também os olhos, os nervos periféricos e, eventualmente, outros órgãos. Embora se pudesse imaginar que a bactéria penetrasse através da pele, o provável é que a transmissão se dê pela secreção e pelo ar que saem das vias aéreas superiores e por gotículas de saliva.Ao penetrar no organismo, a bactéria desencadeia uma luta com o sistema de defesa. Dependendo do resultado dessa batalha, após um período de incubação prolongado, que pode variar de seis meses a seis anos, o indivíduo poderá desenvolver uma doença, a hanseníase, que apresenta várias formas clínicas e diversos tipos de manifestações na pele.
O contato entre os portadores do bacilo e o candidato acontrair a doença tem de ser realmente muito íntimo, porque o Mycobacterium leprae é de baixa infectividade. Há casos descritos – que não são a regra, mas a exceção – de cônjuges em que um é infectado pela bactéria e o outro nunca desenvolveu a doença, assim como há casos de crianças menores de seis anos que entraram em contato com a bactéria há pouco tempo e desenvolveram a enfermidade.
Naverdade, hanseníase não é uma doença muito contagiosa. Sua instalação e desenvolvimento dependem da resposta do organismo invadido pela bactéria.
a manifestação da hanseníase depende muito do sistema imunológico do indivíduo que entra em contato com a bactéria. Más condições nutricionais, sociais e de higiene interferem na resposta e eficiência desse sistema. Por isso, a doença é mais prevalente napopulação de baixa renda. O primeiro cuidado é fazer com que os portadores de hanseníase se tratem. O tratamento acaba com os bacilos e, consequentemente, com a possibilidade de contágio.
A bactéria gosta de áreas frias do corpo, como lóbulo da orelha, joelho e cotovelos, mas também se instala nos nervos periféricos e na pele. Na fase indeterminada da doença, em que o organismo ainda não decidiuse vai permitir que a bactéria provoque um quadro clínico mais grave e mais contagioso ou menos grave e menos contagioso, (imagem 1), as lesões cutâneas têm características muito especiais. São manchas de cor parda, às vezes pouco visíveis, semelhantes às lesões provocadas por micoses de praia, como a pitiríase versicolor, ou pelo vitiligo. No entanto, no local dessas manchas, ocorrem algumas...
tracking img