Anatomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1572 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DISPLASIA COXOFEMURAL

Introdução
A displasia coxofemoral (DCF) é uma alteração do desenvolvimento que afeta
a cabeça e colo femoral, e o acetábulo. Sua transmissão é hereditária, recessiva,
intermitente e poligênica. Fatores nutricionais, biomecânicos e de meio ambiente,
associados à hereditariedade, p ioram a condição da displasia. Podendo haver
tratamentos como terapia conservadora emcasos clínicos leves à tratamentos cirúrgicos.
O objetivo desse trabalho é conhecer a doença, seus sinas clínicos, diagnostico e
tratamentos mais usado para cad a idade e estagio da doença.

Conteúdo
É o desenvolvimento ou crescimento anormal da articulação coxofemural, em geral
bilateralmente. Ela se manifesta por vários graus de frouxidão dos tecidos moles ao
redor da articulação,instabilidade, malformação da cabeça femural e acetábulo, e ósteoartrose.
A displasia coxofemural é o distúrbio mais prevalente da articulação canina e a mais
importante causa de osteoartite nessa articulação.
A instabilidade articular ocorre à medida que o desenvolvimento e a maturação se
atrasam com relação à taxa de crescimento esquelético.
Os primeiros 60 dias de vida correspondem ao períodomais crítico para o
desenvolvimento das estruturas de tecido mole. Quando o estresse e o peso exercidos na
articulação coxofemural excedem os limites de força dos tecidos moles de sustentação,
ocorre instabilidade articular.
A afecção raramente acomete cães com peso abaixo de 11 a 12 Kg, quando adultos,
embora já tenham relatos dessa patologia em gatos e cães "toys".
ETIOLOGIA E PATOGÊNESEMui tas observações tem sido feitas em relação à etiologia desta complexa afecção:
a. Fatores ambientais são superpostos à susceptibilidade genética do indivíduo.
b. Os genes não afetam primeiramente o esqueleto, mas sim a cartilagem, tecidos conjuntivos
e músculos da região coxofemural.
c. A explicação biofísica da afecção é a que representa disparidade entre massa muscular e
crescimentorápido e desproporcional do esqueleto.
d. O desenvolvimento anormal é induzido quando o acetábulo e cabeça femural se distanciam
e i niciam uma série de alterações que finalmente são reconhecidas como displasia
coxofemural.
e. As alterações ósseas são resultados da falha do tecido conjuntivo em manter a congruência
entre as superfícies articulares da cabeça femural e o acetábulo.
f. A afecção éprevenida se a congruência da articulação coxofemural for mantida até que a
ossificação torne o acetábulo menos plástico e que os tecidos moles ao redor se tornem fortes
o suficiente para impedir a subluxação da cabeça femural. Sob circunstâncias normais a força
e a ossificação progridem suficientemente para prevenir a afecção até os seis meses de idade.
g. Cães com grande massa muscular pélvicatem articulações femurais mais normais do que
aquelas com menor massa muscular pélvica.
h. A ocorrência, gravidade, e incidência da displasia coxofemural pode ser diminuída pela
redução da taxa de crescimento dos filhotes.
i. A ocorrência de displasia pode ser reduzida, mas não eliminada pela reprodução somente de
cães com articulações coxofemurais radiograficamente normais. Apenas 7% dosfilhotes serão
normais se ambos os pais forem displásicos.

SINAIS CLÍNICOS
Variam de acordo com a idade do animal. Podem aparecer em cães jovens entre 4 e 12
meses de idade ou em animais acima de 15 meses de idade com afecção crônica.
A dor aguda é um dos principais sintomas. Dificuldade em se levantar, músculos das
áreas pélvicas e das coxas são fracamente desenvolvidos. Andar como"coelho".
O súbito início dos sinais é causado pela ocorrência de microfraturas nas bordas
acetabulares.
A maioria dos cães displásicos entre 12 e 14 meses de idade andam e correm livremente
e não tem dor significante, apesar da aparência radiográfica da articulação. A maioria
exibe padrão de locomoção como "coelho" quando correm.
Cães mais velhos apresentam sintomas diferentes. A claudicação...
tracking img