Anatomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1598 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL – UPIS
DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina de Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos I

AULA PRÁTICA – ESTUDO COMPARATIVO DOS OSSOS DO MEMBRO TORÁCICO
(estudo comparativo em relação ao ruminante)
1 OSSO ESCÁPULA 1.1 Equino ausência do acrômio da espinha da escápula o tubérculo supraglenoidal é bem evidente a fossa subescapular é mais amplae mais profunda 1.2 Suíno as fossas supra e infraespinhais são proporcionais a espinha da escápula é alta e apresenta no seu terço médio, terminando próximo ao colo, sem apresentar um acrômio característico o túber da espinha é proeminente e direcionado para a fossa infraespinhal 1.3 Canino a espinha da escápula estende-se quase que por toda extensão do osso, sendo que sua altura se acentua nosentido próximo-distalmente fossas supra e infra-espinhais profundas e proporcionais não apresenta um túber da espinha característico o acrômio é bastante largo e se projeta em um processos hamato (1) presença do tubérculo infra-glenoidal (2) – elevação rugosa presente na borda caudal dorsal ao ângulo ventral (corresponde ao local para origem do M. tríceps braquial) Observação: os caninos têm apresença do osso clavícula (osso rudimentar situado no interior do músculo braquiocefálico ao nível da união de suas partes) como osso que constitui o esqueleto cíngulo escapular

2 1

FIGURA 1 – Estudo comparativo do osso escápula (vista lateral). Na seqüência, da esquerda para a direita: canino, suíno, bovino e eqüino.

Prof. Dr. Júlio Roquete Cardoso & Prof. MSc. Cristiano Rosa de MouraPágina 1 de 7

UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL – UPIS
DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina de Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos I

2 OSSO ÚMERO 2.1 Eqüino presença de 2 (dois) sulcos intertuberculares, em conseqüência nota-se um tubérculo intermédio (1) a tuberosidade deltóidea e a crista do úmero são mais proeminentes 2.2 Suíno a crista do úmero e tuberosidade deltóideasão menos evidentes o sulco intertubercular é mais profundo a tuberosidade no músculo redondo maior não se manifesta como um acidente ósseo o sulco do músculo braquial é mais raso a fossa do ólecrano é mais profunda, estando separada da fossa radial por um delgada lâmina óssea e que às vezes pode estar perfurada num ponto central, constituindo esta perfuração o forame supratroclear (2). 2.3 Caninoo tubérculo maior é proporcionalmente menos desenvolvido e com superfície mais lisa o tubérculo menor é muito discreto a extremidade distal mostra um capítulo pouco evidente e uma tróclea profunda para articulação com a ulna a fossa do olécrano é profunda e se comunica muitas vezes com a fossa radial através de um grande forame supratroclear (2) 1

2

FIGURA 2 – Estudo comparativo do ossoúmero (vista craniolateral). Na seqüência, da esquerda para a direita: canino, suíno, bovino e eqüino.

Prof. Dr. Júlio Roquete Cardoso & Prof. MSc. Cristiano Rosa de Moura

Página 2 de 7

UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL – UPIS
DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina de Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos I

3 OSSOS RÁDIO E ULNA 3.1 Eqüino a tuberosidade do rádio é maisdesenvolvida a ulna é menos desenvolvida terminando e fundindo-se ao nível do terço médio do rádio, apresentado em conseqüência 1 (um) único espaço interósseo antebraquial ausência do processo estilóide 3.2 Suíno o osso rádio é proporcionalmente mais curto e estreito, sendo mais largo apenas na extremidade distal a tuberosidade do rádio é muito discreta se mostrando apenas como uma área rugosa oosso ulna é o osso mais desenvolvido do antebraço, sendo mais longa e mais pesada que o rádio com o corpo bastante encurvado o olécrano se mostra bastante proeminente, constituindo muitas vezes, mais de um terço de todo o osso o processo estilóide é evidente 1 (um) único espaço interósseo antebraquial esta presente sendo muito estreito e disposto ao longo dos corpos dos 2 (dois) ossos em questão...
tracking img