Anatomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7277 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de janeiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

Já nos questionamos muitas vezes sobre a constituição sanguínea (do que é formado?, Quais são os componentes presentes no sangue? Como se define a tipagem sanguínea?).
O sangue possuí várias funções dentre elas é o transportador da hemoglobina, que leva oxigênio para as células, transportador de glicose (fonte principal de energia para as células).
Nestetrabalho explicaremos a importância do sangue, como se definem as tipagens sanguíneas, fator Rh, e as principais patologias que podem estar presentes no sangue.

2. CONSTITUIÇÃO SANGUÍNEA

O sangue é um tecido conjuntivo líquido que circula pelo sistema vascular sanguíneo dos animais vertebrados, é produzido na medula óssea vermelha e tem como função a manutenção da vida do organismo pormeio do transporte de nutrientes, metabólitos, oxigênio e gás carbônico.
Ele é constituído por 34% de células que constituem a parte "sólida" do sangue. Estas células estão imersas no plasma (parte líquida) que corresponde a 66% e tem função de transporte. As células são classificadas em Leucócitos (ou Glóbulos Brancos), que tem função imunológica (defesa do organismo) e se classificam em:neutrófilos, monócitos, basófilos, eosinófilos, linfócitos, onde cada um possuí sua função específica; eritrócitos (glóbulos vermelhos ou hemácias), responsáveis pelo transporte de oxigênio e gás carbônico (realizam a “respiração” celular); e plaquetas  que tem como função a coagulação sanguínea.

3. GRUPO ABO E FATOR RH

Glóbulos vermelhos (hemácias) têm marcadores ou antígenos nasuperfície das células.
Os dois principais antígenos ou identificadores de superfície sobre os glóbulos vermelhos humanos são os antígenos A e B. O sangue é agrupado de acordo com a presença ou ausência desses antígenos. Pessoas cujas células vermelhas do sangue têm antígenos A são considerados grupo sanguíneo A, aqueles com antígenos B são do grupo B, aqueles com ambos os antígenos A e B sãogrupo AB, e aqueles que não têm qualquer um destes marcadores são considerados como tendo sangue do grupo O. O antígeno de superfície importante é chamado fator Rh. Se ele estiver presente nas células vermelhas do sangue, o tipo de sangue é Rh + (positivo) e, se ele estiver ausente, o sangue é do tipo Rh-(negativo).
Nossos corpos produzem naturalmente anticorpos contra os antígenos A e Bnão temos em nossas células vermelhas do sangue. Por exemplo, uma pessoa que é sangue tipo A terão anticorpos dirigidos contra os antígenos de superfície B nas células vermelhas do sangue e alguém que é do tipo B terão anticorpos anti-A e assim por diante.
Estes anticorpos são úteis para determinar grupo ABO de uma pessoa e são importantes na definição dos tipos de sangue que eles possamreceber com segurança.
A amostra de sangue é colhido de uma veia do braço ou da ponta do dedo. Em recém-nascidos, o sangue do cordão umbilical ou uma pequena quantidade de sangue de um heelstick pode ser usado para testes.
É importante assegurar que existe compatibilidade entre um doente que necessite de uma transfusão de sangue ou componentes sanguíneos e do tipo ABO e Rh da unidade desangue que será transfundido. A reação à transfusão potencialmente fatal pode ocorrer se uma unidade de sangue contendo um antígeno ABO em que o doente tem um anticorpo é transfundido para esse paciente. Por exemplo, pessoas com sangue do grupo O tem anticorpos anti-A ambos e anti-B em seu sangue. Se uma unidade de sangue que é o grupo A, B ou AB é transfundido para esse paciente, os anticorpos nosangue do paciente vai reagir com as hemácias, destruindo-as e causando complicações potencialmente graves.
Se um paciente Rh-negativo é uma transfusão de sangue Rh-positivo, é provável que o paciente irá produzir anticorpos contra o sangue Rh-positivo. Embora isso não cause problemas para o paciente durante a transfusão atual, uma transfusão de futuro com sangue Rh positivo pode...
tracking img