Anatomia comparada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COLÉGIO TABLEAU








Anatomia Comparada













SÃO PAULO
2010

COLÉGIO TABLEAU






Anatomia Comparada





Trabalho apresentado à disciplina de Projeto Multidisciplinar da Pesquisa do Curso de Técnico em Veterinária para avaliação.




Orientador:Profª Andrea Parizi



SÃO PAULO
SUMÁRIO

INTRODUÇAO................................................................................................4
DESENVOLVIMENTO....................................................................................5CONCLUSAO................................................................................................11
REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS..............................................................12




















INTRODUÇÃO

A função da anatomia comparada é compreender relações de origem do plano morfo-funcional e estrutural dos diferentes grupos animais e compreender as relações entre diferentes grupos animais e o ambiente em que essas relações ocorrem, a partir doestudo das diferentes estruturas, órgãos e sistemas relacionados com as funções vitais básicas, com características que permitem sua adaptação nos diversos meios.























DESENVOLVIMENTO

Anatomia comparada
 As semelhanças na anatomia são consideradas como uma das evidências da evolução. Por exemplo, ao compararmos a asa de uma ave, a nadadeira anteriorde um golfinho e o braço de um homem, veremos que, embora elas sejam muito diferentes, possuem estrutura óssea e muscular bastante parecidas. Os evolucionistas interpretam estas semelhanças admitindo que estes seres tiveram ancestrais em comum, dos quais herdaram um plano básico de estrutura corporal. Os criacionistas, por outro lado, interpretam as mesmas semelhanças como evidências deplanejamento e desígnio criativos. Um engenheiro que planejasse diferentes tipos de máquinas não começaria de um rascunho para cada uma das máquinas. Os dados indicam que um Criador inteligente projetou o sistema de membros para os vertebrados. Ele desenvolveu um plano geral flexível que poderia se adaptar a cada uma das necessidades. O evolucionista precisa supor que todas essas características sedesenvolveram por mutações casuais e seleção natural. Os criacionistas explicam-nas como estruturas que receberam do Criador funções especiais para objetivos específicos, de forma que quando objetivos semelhantes estavam em vista, estruturas semelhantes foram criadas.

Embriologia comparada

 Se compararmos os embriões de determinados grupos de animais, veremos que existem semelhanças entre eles, eessas semelhanças são ainda maiores que as encontradas nas formas adultas.
Mesmo antes da época de Darwin, os evolucionistas alegavam que as semelhanças no desenvolvimento embrionário indicavam uma descendência comum. Os livros modernos ainda mostram esboços de embriões de animais como aves, répteis e mamíferos, juntamente com os do homem, mostrando importantes semelhanças entre eles e atribuindoessas semelhanças à existência de um ancestral comum.
O conhecido chavão evolucionista “a ontogenia recapitula a filogenia” é uma definição popular da “teoria da recapitulação” ou “lei biogenética” de Haeckel. Ela afirma que cada organismo em seu desenvolvimento embrionário (ontogenia), tende a recapitular os estágios por que passaram seus antepassados (filogenia). No caso do homem, por exemplo,ensinava-se que o embrião humano começou a vida como um protozoário marinho, desenvolveu-se em um ambiente aquático até se tornar um verme com um coração tubular, depois até ser um peixe com brânquias e um coração com duas câmaras, depois até ser um anfíbio com um coração com três câmaras e um rim mesonéfrico, e depois até ser um mamífero com um coração de quatro câmaras, rim metanéfrico e uma...
tracking img