Analogia do filme “nanny mcphee” com gestão de pessoas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANALOGIA DO FILME “NANNY MCPHEE” COM GESTÃO DE PESSOAS


Faculdade Metropolitana de Marabá - CEMAR
Administração/Finanças (FIN 41)- Administração de Recursos Humanos
27/04/2011.


RESUMO

O filme “Nanny McPhee” (A Babá Encantada) fornece cenas onde se podem perceber alguns conceitos de gestão de pessoas, seus objetivos e os seis processos segundo Chiavenato. A análise da família comouma organização, visualizou as pessoas como recursos ou como parceiros. Há cenas em que os papéis do Senhor Brown, da criada Evangeline, da cozinheira e da babá Nanny McPhee os fazem desempenhar o papel de gestores de pessoas. Utilizando dos conteúdos sobre o subsistema de aplicação de RH - desenho, modelos, descrição e análise de cargos. E aprendizagem e mudança organizacional.

Palavras-chave:Organização. Comportamento. Pessoas.


1 INTRODUÇÃO

A analogia feita entre o filme “Nanny McPhee” (A Babá Encantada) com os vários conceitos de gestão de pessoas trouxeram uma abordagem interessante ao assunto. São feitas analises de comportamento dos personagens e depois um comparativo a administração de pessoas.


As cenas são correlacionadas com os conceitos sobre gestão depessoas: objetivos e processos. O estudo mostra como estava à administração daquela família enquanto organização. Se as pessoas eram tratadas como recursos ou parceiros, e mostra as diferenças na gestão do pai das crianças (Cedric Brown), da criada Evangeline, da cozinheira e da babá McPhee.


Com base na análise, descrição, especificação e desenho de cargos. Foi analisado o papel dofilho mais velho (Simon) e como ele gerenciou a distribuição de cargos e tarefas entre os seus irmãos. E por fim uma análise dos níveis de aprendizagem x mudança dos personagens, do início ao final do filme.


2 A ADMINISTRAÇÃO DA FAMÍLIA BROWN COMO ORGANIZAÇÃO

A gestão de pessoas é uma área muito sensível à mentalidade que predomina nas organizações. Ela é contingencial e situacional,pois depende de vários aspectos como cultura que existe em cada organização, a estrutura organizacional adotada, as características do contexto ambiental, o negócio da organização, a tecnologia utilizada, os processos internos e uma infinidade de outras variáveis importantes (CHIAVENATO, 1999). Assim também na família Brown, vários aspectos determinaram o rumo que a gestão da família tomou. A morteda mãe e a falta de disciplina, autoridade e experiência do pai (Gestor) fizeram o clima organizacional daquele lar se tornar caótico.


As pessoas constituem o principal ativo da organização. Daí a necessidade de tornar as organizações mais conscientes e atentas aos seus funcionários. As organizações bem sucedidas estão percebendo que somente podem crescer, prosperar e manter suacontinuidade, se forem capazes de otimizar o retorno sobre os investimentos de todos os parceiros, principalmente o dos empregados. Quando uma organização esta realmente voltada para pessoas, sua filosofia global e sua cultura organizacional passam a refletir essa crença. A administração daquela família não estava voltada para os filhos (pessoas) e sim para conseguir uma substituta para ocupar o lugarda mãe - independente de quem fosse e da opinião dos filhos – Sr. Brown acreditava que assim resolveria todos os problemas organizacionais.


De acordo com CHIAVENATO: “As pessoas podem aumentar ou reduzir as forças e fraquezas de uma organização dependendo da maneira como elas são tratadas.” Isso se aplica muito bem à família Brown, as crianças eram tratadas como pessoas incapazes delidarem com certas situações, porém a falta de comunicação com elas gerava mais problemas. “As pessoas podem ser a fonte de sucesso como podem ser a fonte de problemas.” Nesse caso as crianças eram fontes de problemas, não aceitavam disciplina e não obedeciam a ordens, tinham sua própria filosofia. “Para que os objetivos da gestão de pessoas sejam alcançados, é necessário que as pessoas sejam...
tracking img