Analise r&c

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 | Introdução
1.1 | Objectivo do trabalho Com este trabalho pretende-se fazer uma análise do Relatório e Contas da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE, relativas ao ano de 2010, ano em que apresentou um EBITDA de 6M € com um resultado líquido de 1,347M € com uma liquidez geral de 91%.

1.2 | Enquadramento da análise • • Exercício contabilístico: 2010 Normativo contabilístico: POCMinistério da Saúde – Portaria 898 de 28 de Setembro de 2000

1.3 | Enquadramento Regional da ULSAM, E.P.E. A Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E.P.E., surgiu em 2008 pela fusão do CHAM (Centro Hospitalar do Alto Minho, E.P.E.) com os Centros de Saúde do distrito de Viana do Castelo. Actualmente a ULSAM, agrega duas unidades hospitalares (Hospital de Santa Luzia em Viana do Castelo e HospitalConde de Bertiandos em Ponte de Lima), um Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) que engloba os 12 Centros de Saúde do Distrito de Viana do Castelo e a Unidade de Saúde Pública (USP) e, duas Unidades de Convalescença, localizadas nos Centros de Saúde de Arcos de Valdevez e de Valença.

Página 1 de 9

2 | Análise dos Indicadores
-20.000.000 € -10.000.000 € Resultados Operacionais FinanceirosResultado Líquido EBITDA Fundo de Maneio -14.697.824 € -17.349.235 € - € 10.000.000 € 1.347.888 € 1.699.045 € 1.047.561 € 1.491.540 € 6.072.792 € 6.645.916 € 2010 2009

A ULSAM, E.P.E. aprestou um resultado líquido de 1,047M €, e um EBITDA de 6M €, o que vai de encontro às directivas da ACSS para os contractos de 2012, de EBITDA nulo ou positivo. O Fundo de Maneio apesar de se manter negativo,uma recuperação de cerca de 2,6M €. Apesar da recuperação este valor encontra-se ainda influenciado negativamente pela rubrica de Outros Devedores e Credores possuir um valor de 10,4M €, que respeita a um acerto de contas em curso com a ARSN.
2010 100 80 60 40 20 0 2009
Valores em Percentagem

91,02 86,55 31,44 38,05 Autonomia Financeira 45,86 61,43

Solvabilidade

Liquidez GeralLiquidez Geral A capacidade de cumprir os compromissos a curto prazo, apesar da subida de cerca de 5% ainda não é suficiente para fazer face a todos os compromissos.

Autonomia Financeira Em 2010 houve uma descida do rácio de autonomia financeira, de 38,05% para 31,44%.

2

Solvabilidade (Capitais Próprios / Passivo Total) Capacidade de cumprir compromissos e encargos de médio e longo prazo,face ao crescimento da rubrica - Adiantamento de clientes, no Passivo – resultante do Contrato-Programa com a ACSS para 2010, este indicador registou um decréscimo de 15 pontos percentuais, de 61,43% para 45,86%.

Os valores dos rácios de Autonomia Financeira e de Solvabilidade são negativamente influenciados pelos adiantamentos da ACSS relativos ao Contrato-programa 2010, 125M €.

3 | Análisedas Demonstrações Financeira
3.1 | Balanço Analítico ACTIVO - Imobilizações incorpóreas Os activos em imobilizações incorpóreas apresentam uma ligeira descida relativamente ao ano anterior. Esta diminuição deve-se sobretudo a uma diminuição nas imobilizações em curso. Em contrapartida o activo relativo a despesas de investigação teve uma subida de cerca de 40m € para 216m €, sendo esta rubricarelativa a projectos de reestruturação e às despesas de acreditação.

ACTIVO - Imobilizações corpóreas Houve um acréscimo de activo relativo a equipamento básico e administrativo. No sentido inverso, face às amortizações, houve um decréscimo nos equipamentos de transporte. O maior aumento foi o relativo a edifícios e outras construções, cerca de 2M €, para os 83,916M €, explicado nas notas pelaimobilização de um edifício de propriedade alheia (HospitalConde de Bertiandos – Ponte de Lima) propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima.

3

ACTIVO – Investimentos Financeiros Não há alterações nesta rúbrica comparativamente ao ano anterior. Continua a ser uma rubrica de pouca expressão no balanço analítico, 184m €.

ACTIVO – Existências Houve uma diminuição do valor em...
tracking img