Analise swot da cacau show

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 9 (2015 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - INTRODUÇÃO

O lucro é o objetivo mais importante para a sobrevivência e o crescimento das empresas, contudo não é o fator único de resultados. Existem vários fatores que determinam o grau de desempenho de uma, porém o diferencial nesse momento de turbulência financeira decorrente da crise mundial é a participação dos funcionários na vida dela.


O melhor negóciode qualquer empresa que deseja superar seus próprios reflexos da globalização chama-se ser humano. Ver gente integrada na organização como foco principal também é o lucro, além de contribuir decisivamente na geração de resultados financeiros satisfatórios. Saber ouvir e falar que as pessoas fazem à diferença é muito simples; difícil é acreditar e colocar isso em prática. (MEDEIROS apudSILVA apud FRANCO, 2006 p.16).



Essa visão evoluiu junto com a Administração , quando essa começou os seus primeiros passos como ciência , no início do século XX. Conforme Chiavenato (2001), o precursor da Administração foi Frederick W. Taylor , em 1903,com a publicação de seu livro Administração de Oficinas, seus estudos se concentraram no trabalho dos operários, usando astécnicas de observação de tempos e movimentos, visando a padronização na execução das tarefas e na especialização dos operários.
Em seguida veio a Teoria Clássica da Administração com Henri Fayol, em 1916, com ênfase na estrutura organizacional que estabeleceu uma linha de autoridade que interligou as posições da organização e definiu uma ordem de comando, subordinação. (CHIAVENATO,2001)
Até esse período o ser humano era visto como parte da engrenagem e não como fator diferencial. Somente em 1927 com o psicólogo Elton Mayo, chegou-se á Teoria das Relações Humanas que evidenciava as pessoas e os vários fatores que poderiam motivá-las a produzirem mais espontaneamente.




[...] aumentar os salários não necessariamente leva as pessoas atrabalhar com mais afinco, pode, no entanto, deixá-las satisfeitas o bastante para que outros fatores possam motivá-las. Por outro lado, se o salário ou as condições de trabalho causam insatisfação, as pessoas tornam-se desmotivadas, e nenhum outro elemento será capaz de motivá-las. (GIL, 2007, p. 208).




Na metade do século XX, a Teoria Neoclássica com Peter F. Drucker, como seumestre maior, segundo Chiavenato (2001), que utilizou a fusão dos conceitos válidos e relevantes das Teorias de Taylor e Fayol (aspectos técnicos e específicos do trabalho) com a Teoria de Mayo (direção das pessoas dentro das organizações). E em 1954 o mesmo Drucker publicou o livro Prática de Administração de Empresas, caracterizando a Teoria da Administração por Objetivos, que buscavaobjetivos, finalidades e resultados em vez do processo administrativo (meios), o foco é o porquê ou para que.
Dentro desse processo de transição das Teorias administrativas , houve também a mudança dos setores responsáveis pelos funcionários, como de Departamento pessoal (DP) para Recursos Humanos (RH) e depois para a Gestão de Pessoas definida por Gil (2007, p.17 ) como “a funçãogerencial que visa à cooperação das pessoas que atuam nas organizações para o alcance dos objetivos tanto organizacionais quanto individuais.”




|SISTEMA DE RH |ATIVIDADES |
|Suprimento ou |Identificação das necessidades de pessoal|
|agregação |Pesquisa de mercado de recursos humanos |
| |Recrutamento / Seleção |
|Aplicação |Análise e descrição de cargos...
tracking img