Analise literária admirável mundo novo, de aldous huxley

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1765 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE LITERÁRIA
ADMIRÁVEL MUNDO NOVO, de ALDOUS HUXLEY

CONTEXTO HISTÓRICO:
A situação economicossocial mundial no início da década de 1930 era caótica em todo o mundo, ecoando ainda a queda da bolsa de Nova Iorque em 1929. A fome e o desemprego eram lugar comum em todas as potências mundiais. A Inglaterra era governada pelo rei George V que estava ciente de que algo deveria ser feito paraalavancar o cenário político da época. Então, um ‘governo nacional’ que consistia de membros de todos os partidos surgiu. Liderados por Ramsey MacDonald, eles decidiram deixar a libra esterlina encontrar seu próprio valor quando comparada ao dólar americano. Tal decisão fez com que os preços de exportação britânicos ficassem mais competitivos no mercado mundial. A agricultura, na ilha, teve umaajuda através da adoção da tarifa protetora de 1931 e a construção civil ganhou espaço graças ao aumento populacional ocorrido devido a novas medidas na área da saúde britânica. Indústrias velhas foram substituídas por novas nos campos: automotivo, de produção elétrica e química. Até mesmo a relação que estabelecia com suas colônias foi mudada pela Inglaterra. No final da década (a obra AdmirávelMundo Novo já havia sido escrita e publicada), a política externa da Grã-Bretanha estava estagnada, e dentro de casa havia ainda muito desemprego.

O AUTOR :
Aldous Huxley (1894-1963) nasceu na Inglaterra, de uma família distinta e intelectual. Bisneto de um pioneiro em educação pública, neto de um biólogo, filho de um editor e ensaísta e irmão de um geneticista, combinou toda herança genética aoescrever sua obra mais notável: Admirável Mundo novo. Estudou em Eton, um dos mais tradicionais colégios ingleses, onde os atuais príncipes, Harry e William também estudaram. Huxley teve sua visão reduzida a um décimo do normal por conta de uma doença, o que não o impediu de se formar na Universidade de Oxford, uma das melhores de todo o Reino Unido. Mesmo com uma situação tão favorável, Huxleypassou grande parte de sua vida longe de sua terra natal. Dentre outros lugares, morou na Itália, na França e, em 1937, no auge da fama, mudou-se para os EUA, onde morreu.

A OBRA :
A obra Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley foi escrita em 1931 e publicada em 1932. O título do romance deriva de uma fala da personagem Miranda da obra shakespeariana ‘A Tempestade’, Ato V, Cena I. O romance éconsiderado por muitos uma antevisão do futuro da humanidade, vivendo em uma sociedade tornada totalitária e desumanizada como consequência do domínio quase integral das técnicas e do saber científico. Esta sociedade seria regida por um governo único e estratificada em castas para que não haja mobilidade social, evitando, em teoria, os conflitos entre classes sociais distintas. Os trabalhadores sãocondicionados às situações que enfrentarão ao longo de sua existência, acostumando-se, assim, a elas como se fossem naturais, não desejando melhorias na condição de trabalho. Em outras palavras, são passivos.
A narrativa do livro discorre sobre um futuro hipotético, no qual as pessoas são biologicamente (geneticamente) pré-condicionadas e psicologicamente condicionadas a viver em uma sociedade‘perfeita’, organizada por castas, seguindo suas leis e regras sem sequer questionar. É descartada, nesta sociedade, qualquer prática religiosa, bem como os valores morais que regem o que entendemos por sociedade civilizada hoje, inclusive o conceito de família. Quando um indivíduo tem alguma dúvida ou insegurança não recorre a Deus (pois ele não existe), mas sim a uma droga que não causa efeitoscolaterais e é chamada de ‘soma’. Tal droga é consumida em três situações: pelos operários após o trabalho, pelos membros da classe dominante a qualquer momento e em rituais coletivos.

ANÁLISE DA OBRA:
O texto apresenta uma linguagem acessível, apesar dos neologismos inventados pelo autor, sendo construído de forma linear, com uso de ironia e predomínio de sinestesia. Acontece uma quebra da...
tracking img