Analise juridica filme menina de ouro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O presente trabalho consiste na análise jurídica do filme Menina de Ouro, cuja cena principal consiste na lesão que a deixa com toda sua movimentação paralisada, mantendo apenas contato verbal. E, énesse momento que seu treinador tem que fazer uma difícil escolha, mantê-la viva, porém infeliz, ou aplicar uma morte assistida como é a vontade da garota. Iremos analisar se fora causada por dolo ouculpa.
Maggie não tinha uma estrutura familiar, seus parentes eram preconceituosos, gananciosos e só estavam interessados em seu dinheiro. No começo, Frank não queria treina-la, por ser mulher.Porém, depois ele mudou de ideia, pois viu o esforço de Maggie nos treinos, e percebeu que ela tinha talento. O momento decisivo é quando Maggie se tornou uma excelente lutadora de boxe e então Frank marcaa luta pelo título contra a lutadora Billie a “Urso Azul”, ela tinha a fama de ser a boxeadora mais desonesta da categoria.
Durante a difícil luta, a adversária infringe por diversas vezes as regras,prejudicando Maggie, que consegue reverter à luta e atacando sua adversária. No intervalo, enquanto Maggie vibrava e se distraia comemorando, Billie a golpeia fazendo com que Maggie caia e bata opescoço num banquinho de descanso dos lutadores. Logo após Maggie foi levada ao hospital inconsciente e respirando por aparelhos, Magiie fica imóvel da cabeça aos pés.
Analisando sob uma ótica jurídica,podemos concluir que o fato típico citado acima foi praticado por Dolo Eventual, ou seja, Billie teve vontade e consciência quando golpeou Maggie distraída, queria de qualquer forma lesioná-la (Dolopor Dano), porém não imaginava que por consequência da queda com o golpe, Maggie quebraria o pescoço ficando imóvel da cabeça aos pés. Queria um resultado, mas assumiu o risco de outro.
A respeitodas questões morais que marcam o filme, “Menina de Ouro” questiona inteligentemente a questão da eutanásia. De um lado, há a escolha por preservar a vida, por outro lado, há a satisfação da vontade...
tracking img