Analise intitucional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE INSTITUCIONAL DO ABRIGO JOÃO XXIII DE PORTO NACIONAL-TO

1 DADOS DA IDENTIFICAÇÃO

O Abrigo João XXIII de Porto Nacional, com sede na Via Local, Qd-16, Lts 105 ao 107, setor Jd. dos Ipês (Próximo ao campus da UFT - Universidade Federal do Tocantins), telefone (063) 3363-6965, na cidade de Porto Nacional -TO é uma entidade civil de direito privado, de natureza filantrópica,beneficente, caritativa e de assistência social, sem fins lucrativos. É uma instituição de longa permanência para idosos – ILPI, oferece acolhimento à idosos carentes e a portadores de necessidades especiais com ou sem vínculo familiar.
A instituição atua na área de atividades de associação de defesa de direitos sociais. A mesma, abrange todo o estado do Tocantins, reconhecida de utilidade pública noâmbito estadual pela Lei nº 293/91 de 08/10/1991.
Quanto aos projetos desenvolvidos não foi possível relaciona-los, pois a instituição não realizou nenhum até o momento. Somente agora, com a contratação de uma assistente social será possível desenvolver projetos específicos que possam atender aos usuários e as necessidades da instituição.
Por atuar em sistema de longa permanência, a instituiçãofunciona 24hs por dia.
O Abrigo João XXIII de Porto Nacional, Obra Unida à Sociedade São Vicente de Paulo está vinculado administrativamente ao Conselho Central Imaculada Conceição de Palmas ( Conselho Central ), anexada ao Conselho Particular São Paulo Apóstolo de Porto Nacional da SSVP ( Conselho Particular ) e tem como mantenedora a Prefeitura Municipal de Porto Nacional, a comunidade local,entidades, além dos benefícios de alguns dos abrigados.
Atualmente o quadro de dirigentes da instituição é composto por:
-Ana Maria Pereira Ayres Antunes ( Presidente )
-Ana Maria V. Neto Pereira ( Vice-Presidente )
-Ana Maria Pereira Negry Muta (Secretária )
-Edinilson Barbosa Amaral ( Tesoureiro )
-Maria Deuselice Aires Venturino ( Diretora )
-Deuzilene Ferreira Borges (Coordenadora eAssistente Social )

2 CONSTITUIÇÃO HISTÓRICA
O Abrigo João XXIII foi fundado pela Obra Unida da Sociedade São Vicente de Paulo às 20:00hs do dia 18 de Março de 1979 no Salão Paroquial da Catedral Nossa Senhora das Mercês.
Segundo consta nos documentos da instituição, o Presidente Provisório o Dr.Neilton Araújo Oliveira, empossado na data da fundação disse que o motivo da criação do Abrigo João XXIII era de “tirar a mendicância, bem como servirá para orientação, para uma educação cívica, moral e religiosa”.
Participaram da sua criação e desenvolvimento, o Reverendo D. Celso Pereira de Almeida, bispo da diocese de Porto Nacional; Dr. Neilton Araújo Oliveira, Presid. do Conselho Particularda Soc. São Vicente de Paulo local; Joaquim Portilho da Cunha, Vice – Presidente do Conselho Particular da Soc. São Vicente de Paulo local; José Arcanjo Pereira, Presid. da Soc. São Vicente de Paulo de Nossa Senhora de Nazaré de Brejinho; Manoel Rodrigues Nogueira, Presid. da C.S.V.P. de Nossa Senhora das Mercês de Porto Nacional; Senhorita Margarida Maria Luiz Mendes, Presid. da C.S.V.P. de SãoPedro; Ângelo Teles da Silva; Presid. da C.S.V.P. de São Domingos; ao Confrades, Raimundo do E. Santo Pedreira, José Valdemar Martins Chaves, Antônio Rodrigues Nunes, Alberto Pinheiro de Lemos e as Consorcias, Messias Braga e Dalva Rezende Rocha.
As demandas existentes na instituição é proveniente dos casosatendidos. No contexto atual são desenvolvidas atividades no âmbito da proteção social e promoção humana, mobilização, capacitação dos funcionários, voluntariado e o incentivo à participação de adolescentes para o enfrentamento da violência de negligência e abandono e a garantia dos direitos dos usuários da instituição.

3 OBJETIVOS...
tracking img