Analise elementar por via seca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1137 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Secundária de Leal da Câmara

Disciplina: Química A

O Teste de chama | Naleman Linda Pedro Lopes Nº 25 10º C6 |

Introdução……………………………………………….3
Objectivo………………………………………………...3
Procedimento experimental…………………………….4
Registo de resultados……………………………………5
Conclusão………………………………………………..6
Crítica…………………………………………………....7
Bibliografia………………………………………………8

É com ajuda do trabalho delaboratório que os químicos formulam hipóteses e as colocam à prova com experiências.
Quando uma certa quantidade de energia é fornecida a um determinado elemento químico, alguns electrões da última camada de valência absorvem energia passando para um nível de energia mais elevado e produzem o chamado estado excitado. Quando um desses electrões excitados regressa ao estado fundamental, emite umaquantidade de energia radiante, igual àquela absorvida, cujo comprimento de onda é característico do elemento e da mudança do nível electrónico de energia. Assim, a luz de um comprimento de onda particular (ou cor) é utilizada para identificar o referido elemento.
Tal procedimento é denominado teste da chama e é um método rápido e fácil de ser feito. Porém, a quantidade de elementos detectáveisé pequena e existe uma dificuldade em detectar concentrações baixas de alguns elementos, por exemplo, o sódio, que é um componente comum em muitos compostos, produz uma cor amarela intensa no teste de chama que tende a dominar sobre as outras cores. Por isso, a cor da chama geralmente é observada através de uma ansa de Pt ou Cr/Ni para filtrar o amarelo produzido pelo sódio e permitir avisualização de cores produzidas por outros iões metálicos.
O teste de chama apenas fornece informação qualitativa. Dados quantitativos, sobre a proporção dos elementos na amostra, podem ser obtidos por técnicas relacionadas a fotometria de chama ou espectroscopia de emissão.

Tendo como objectivo observar vários espectros de emissão. Identificar catiões pelo teste de chama.

Material:
* Bico deBunsen
* Espátula
* Copo de precipitação
* Esguicho com água destilada
* Ansa de Pt ou Cr/Ni
* Vidro de relógio
* Fonte de alimentação (fogo)

Substâncias:
* Cloreto de bário dihidrato
* Cloreto de potássio
* Cobre (I)
* Cloreto de cálcio 2 – idrato
* Cloreto de Lítio
* Cloreto de sódio

Descrição da actividade realizada passo a passo:
1.Começou-se por apagar as luzes do laboratório, de maneira que ficasse mais escuro.
2. Depois, foi-se colocando os diferentes tipos de substâncias em vidros de relógios separados, identificando as mesmas.
3. De seguida colocou-se uma substância de cada vez com um apoio e levada à fonte de alimentação.
4. Depois de aquecer um pouco, surgiu uma cor que anotei.
5. Repetiu-se o procedimentopara todas as amostras restantes e registou-se a cor observada.

Nome sal e fórmula química | Cor do sal | Catião | Cor da chama |
Cloreto de bário dihidrato (BaCl2) | Branca | Ba 2+ | Verde-amarelado |
Cloreto de potássio (KCl) | Branca | K+ | Lilás |
Cobre (I) (Cu+) | Verde | Cu+ | Esverdeado – azulado* |
Cloreto de cálcio 2 – idrato (CaCl2) | Branca | Ca 2+ | Vermelho -alaranjado |
Cloreto de Lítio (LiCl) | Branca | Li 2+ | Rosa ** |
Cloreto de sódio (NaCl) | Branca | Na + | Amarelo-alaranjado |

Nota:
*também se verificou a cor Vermelha já no fim
** Só se consegue identificar a cor de deixar ficar mais tempo na fonte de alimentação (fogo)

Após a realização da experiência cheguei a conclusão de que podemos obter experimentalmente o espectro de emissãocaracterístico de um dado elemento químico. Dado que o olho humano não recebe todas as ondas electromagnéticos, mas somente aquelas cujo comprimento de onda são chamadas a luz visível. Devido à peculiaridade da visão, a cada comprimento de onda é associada uma cor.
A análise qualitativa do feixe luminoso da fonte emissora consiste em separar e identificar as diversas ondas que compõe a luz....
tracking img