Analise economica e social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE ECONÔMICA E SOCIAL

























1) A inflação no Brasil atualmente esta relativamente baixa, temos tido pequeno crescimento econômico e a taxa de juros básica da economia brasileira (Taxa Selic) é alta:


a) Que relação existe entre taxa de juros e inflação?
Umas das relações mais relevantes é que a taxa de juros deve ser sempre maior doque a inflação, isto é, descontando a inflação deve sobrar uma taxa que o investidor considera suficiente para remunerar o seu capital. Caso a taxa de juro seja menor que a inflação, então os investidores irão resgatar as suas aplicações e irão aplicar em outra coisa, seja em ações, ouro, dólar, ou simplesmente consumir mais mercadorias.
O controle eficiente da expansão da moeda auxilia nocombate a inflação. Isso quer dizer: juros altos mantêm recursos aplicados (não vão para o consumo), torna o crédito caro e, portanto, segura a demanda, evitando altas nos preços. A inflação é um dos componentes para fixação da taxa de juros futura.


b) Que relação existe entre taxa de juros e crescimento econômico?
O crescimento econômico depende de maiores benefícios einvestimentos, ou seja, maiores ganhos do que custos ou saída de dinheiro.
Os investimentos dependem de capital que por sua vez depende também de taxas pequenas ou atrativas. Ou seja, quanto menores forem às taxas de juros, maiores são as probabilidades de formação e disponibilizarão de capital que por conseqüência podem promover os investimentos necessários para alavancar o crescimento econômico.As taxas de juros altos impedem que ocorram maiores negociações, porque quanto maior o valor do produto e o tempo para pagá-lo, mais caro, e com maior taxas de juros ele terá, assim as pessoas gastam mais e compram menos. Os juros altos, também servem para financiar a divida interna do governo (gasta mais do que arrecada) estes também servem para coibir o crédito ao consumidor e tambémcontrolar a inflação evitando um estouro de consumo.


c) Considerando este cenário de inflação baixa, pequeno crescimento econômico e juros altos, que conseqüências teríamos na economia se o governo baixar os juros.
Muitas conseqüências podem ocorrer na economia com a baixa dos juros, os financiamentos ficarão mais baratos e acessíveis. Mais compras, mais produção mais empregos e maisimpostos. Porém de outro lado, menos lucros aos bancos.
Com a baixa dos juros facilitaria o crédito e criaria um endividamento pela corrida ao crediário, com maior procura de produtos pela lógica haveria aumento dos preços no mercado, por outro lado por ser o Brasil um país de economia de risco, a queda dos juros espantaria o investimento por conta da baixa dos lucros, baixando os jurosgradativamente, mantendo a credibilidade externa, e conscientizando o mercado, a queda dos juros aumentaria os investimentos na produção, empregando mais gente e estimulando o crescimento da economia.
Por outro lado, enquanto os bancos estiverem ganhando com o governo, não há interesse em redução da taxa. Pois havendo a redução da taxa, isto é baixando o custo do dinheiro, aumentaria a procura etambém a concorrência entre bancos, isto é interessante para o consumidor, mas se esse consumidor passar a gastar mais e aquecer a economia resultando na elevação de preços, não tenha dúvida que as taxas voltam a subir.


d) Quando o governo mexe nos juros, que tipo de política econômica o governo esta adotando? Explique sua resposta.
A política adotada pelo governo quando mexe nosjuros é a Política Monetária, esta porem atua sobre o volume de dinheiro na economia, regulando os depósitos compulsórios recolhidos pelos bancos junto ao Banco Central.
A política monetária poderá ser considerada Expansiva, que acarretará uma queda dos juros, ou uma política monetária Restritiva, cuja conseqüência será o aumento dos juros.
Na Política restritiva uma das medidas...
tracking img