Analise do programa cqc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3514 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Segundo a teoria do Telejornalismo o CQC é um programa jornalístico.
Raíssa Pestana Vaz*

Resumo: Neste artigo, iremos analisar o programa CQC e detectar se o programa é uma programa jornalístico ou entretenimento. Iremos apresentar características do jornalismo, levantaremos características do entretenimentoe com base nos dados checar em qual o televisivo se encaixa de acordo com os conceitos de cada um.

Palavras - chave: Programa, jornalismo, jornalístico, CQC, ética, entretenimento.

Introdução:
Este trabalho tem a intenção de debater e analisar o programa CQC[1] por meio da análise teórica investigar se é ou não uma programa jornalístico apresentando características do programajornalístico, indústria cultural bem como se organiza e se estrutura a imprensa e a televisão, e toda a sua estrutura, suas normas e o seu formato, irá ser feito um debate sobre a ética e também a cultura do lazer.
O objetivo e a justificava do trabalho é detectar se o programa é jornalístico. Analisar o programa no seu formato, na linguagem, postura. Faremos um levantamento do CQC, origem,apresentadores e como surgiu esse programa. E no Brasil quando surgiu, onde, apresentadores, consolidação entre outros.Iremos analisar os elementos do jornalismo de Bill Kovach[2] e Tom Rosenstiel, a Cultura de massas do século XX, de Edgar Morin e a ética sobre o jornalismo de Eugênio Bucci.
Tendo também por intuito mostrar características dos jornalismo e do telejornalismo, sua responsabilidadecom o público, como formadores de opinião, levando em conta também a ética desse jornalista e a conduta para com o jornalismo e para com o conteúdo e a informação.
Iremos identificar a cultura do lazer, o entretenimento tendo por objetivo destacar características que possam comprovar o programa CQC como entretenimento ou como jornalístico se assim o identificar com tal.
Destacaremostambém o público que envolve dentre esses aspectos e a indústria cultural[3]. Através das análises podemos garantir a distinção do programa CQC, diante de suas atuações e propostas para com seu público.A necessidade do estudo desse trabalho se deve a garantia de comprovar o que o telejornalismo, que muitas vezes é confundido com programas de entretenimento que o fazem dessa forma, como umjornalismo alternativo que surge a cada instante, mais dinamizado e muito mais crítico.

O Programa CQC.
O formato oriundo da Argentina sobre o nome de Caiga Quien Caiga, exibido desde 1995 no País. Transmitido pelo canal Telefe. O formato do programa pertence à produtora Cuatro Cabezas.
Na Europa, o formato foi adquirido por Globo media em 1996 na Espanha e na Itália onde é conhecidocomo lê lene Show, em 1997. O formato foi vendido para Israel, França, Chile, México, Equador, Brasil e Estados Unidos.
O programa trata de fatos políticos, artísticos e esportivos com pitadas satíricas e humorísticas.
Tem com fórmula fazer entrevistas com as perguntas menos convenientes e mais incômodas, levando celebridades as mais inesperadas reações.
O CQC existe em vários paisesespalhados pelo mundo. Na Argentina começou a ser exibida na América TV em 1995. Nesta primeira etapa que culminou em 1999, com um programa especial transmitido a partir do teatro Gran Rex, de Buenos Aires.Hoje o CQC é exibido pelo canal Telefe[4] da produtora Cuatro Cabezas, todas as segundas- feiras às 23h15.
Na Itália conhecido como lê lene, é transmitido pelo canal Itália um desde1996. É um dos poucos CQCs apresentado por uma mulher.Ilary Blasi, juntamente com Luca Bizzarri e Pablo kessisoglu. É a versão precursora do CQTeste.
Em Portugal e nos EUA; a produtora argentina Eyeworks- Cuatro Cabezas, criadora do programa, vendeu os direitos para a emissora portuguesa TVI que começou a exibir o programa “homens de preto”, a partir de outubro de 2008.

CQC no Brasil....
tracking img