Analise do inicio do cinema nacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2723 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nome: Flavia de Azevedo Zerbinato Matricula: 41020113 Sala: 5CCM

Analise do inicio do cinema nacional a partir dos textos lidos e pesquisas pessoais.

Para entendermos o porqu^e que o cinema nacional funciona da maneira que é atualmente, é necessário que estudemos o seu nascimento e todo o contexto histórico e econômico que rodeou a historia do cinema brasileiro desde o fim do século XIX.O cinema brasileiro nasceu dia 19 de junho de 1898. Pelo menos, essa foi a data que passou a ser considerada como a oficial pelos historiadores em geral, a partir da década de 1960. Nesse dia, o paquete Brésil entrava na baia de Guanabara, e um dos passageiros, Alfonso Segreto, armou sua “maquina-de-tomada-de-vistas” no convés e filmou os navios ancorados na baia. O irmão de Alfonso, PascoalSegreto, era um exibidor bem-sucedido do Rio de Janeiro e dono do salao “Paris no Rio”. Pascoal havia mandado o irmão `a Europa comprar equipamento e material virgem para tomar “vistas” no Brasil.

Poderia antecipar-se o nascimento do cinema nacional, caso se comprovasse que Vittorio di Maio ou Henrique Messiano filmaram em 1897. Mas se a autenticidade da própria filmagem considerada oficialchega a ser questionada, quem dirá se filmagens em datas anteriores e condições provavelmente mais precárias realmente ocorreram.

No livro “Historiografia Classica do Cinema Brasileiro”, Jean-Claude Bernardet indaga a autenticidade da filmagem de Segreto. Primeiro, Bernardet questiona se a filmagem realmente tenha se saído bem. Quer dizer, Alfonso ficou meses na Europa antes de voltar ao Brasil edeve ter treinado fotografar la. Porem, o clima europeu é um clima temperado, nada indica que o conhecimento da luz temperada permitisse filmar na luz tropical. Segundo, este seria o primeiro filme filmado no Brasil, portanto, tambem o primeiro revelado. Bernardet se pergunta se havia conhecimentos e praticas suficientes em relacao ao banho e ao tempo da revelacao. Sendo uma primeira revelacao,nao podia deixar de ter algo de experimental. Apesar de Alfonso Segreto ter aprendido a revelacao, segundo relatos, esta continuou problematica durante muito tempo. Se tais problemas de revelacao se colocavam na primeira decada do seculo num pais industrializado que dominava imensa parte do mercado cinematografico mundial, o que dizer da primeira revelacao feita no Brasil no seculo XIX?

E aindapara completar, ocorreu um incendio no “Paris no Rio”, fazendo com que a filmagem nunca tenha sido exibida. Porem, o incendio deu-se a 8 de agosto, mais de seis semanas apos a filmagem de Segreto, tempo suficiente para reveler e exibir o filme. Ainda mais naquela epoca, que revelar era mais rapido. As vezes, filmagens feitas a tarde eram exibidas a noite. Ou seja, sera que o cinema brasileiro jatenha nascido a partir de um mito?

De qualquer forma, caso a filmagem tenha realmente ocorrido, o nascimento do cinema brasileiro nao deixa de ser um tanto quanto estranho: um italiano (radicado no Brasil), com equipamento e material sensível europeus, filma, em território francês (o paquete Brésil), um filme brasileiro. Ou seja, desde o seu inicio, o cinema brasileiro nunca foi independente.Segundo Bernardet, sociedades de origem colonial, como o Brasil, manifestam inquietação quanto `a sua identidade. Encontrar o nascimento verdadeiro seria uma afirmação de autenticidade que se contraporia ao nascimento concedido pelos colonizadores. Mas no Brasil, a data do nascimento do seu cinema nacional tem outra conotação. Segreto importa câmera e material sensível europeu, com que filma umtema brasileiro. Apesar do território brasileiro estar sendo retratado, o nascimento do nosso cinema se deu a partir de técnicas, equipamentos e até pessoas que vieram da Europa. Tal dependência do cinema nacional das tecnologias e técnicas estrangeiras perdura até hoje. Tanto que, em 1979, Carlos Diegues afirmou: “Se a Kodak resolver agora nao vender mais fitas virgens para o Brasil, adeus...
tracking img