Analise de sistemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3884 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UFES - Universidade Federal do Espírito Santo
Análise de Sistemas
Notas de Aula
Ricardo de Almeida Falbo
E-mail: falbo@inf.ufes.br
2002/2 Índice
Capítulo 1 - Introdução 1
1.1 – Análise e Especificação de Requisitos 1
1.2 – A Organização deste Texto 2
PARTE I – ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 3
Capítulo 2 – Técnicas de Levantamento de Requisitos 4
2.1 – Amostragem 4
2.2 – Investigação 72.3 – Entrevistas 8
2.4 – Questionários 13
2.5 – Observação 18
2.6 – Prototipação 20
Capítulo 3 – Modelagem de Casos de Uso 23
3.1 – Casos de Uso 23
3.2 – Diagramas de Casos de Uso 25
3.3 – Descrição de Casos de Uso 26
3.4 – Associações entre Casos de Uso 28
PARTE II – ANÁLISE ORIENTADA A OBJETOS 33
Capítulo 4 – Introdução à Orientação a Objetos 34
4.1 – Abordagem Estruturadax Abordagem Orientada a Objetos 34
4.2 – Conceitos da Orientação a Objetos 36
4.3 – Processo de Desenvolvimento Orientado a Objetos 47
4.4 – A Linguagem de Modelagem Unificada 56
Capítulo 5 - Análise Orientada a Objetos 59
5.1 - Identificação de Classes 60
5.2 - Especificação de Hierarquias de Generalização / Especialização 62
5.3 - Identificação de Subsistemas 63
5.4 -Identificação de Associações e Definição de Atributos 64
5.5 - Determinação do Comportamento 69
5.6 - Definição das Operações 72
PARTE III – ANÁLISE ESSENCIAL DE SISTEMAS 75
Capítulo 6 – Introdução à Análise Essencial 76
6.1 - Conceitos 77
6.2 - Especificação da Essência do Sistema 82 Capítulo 7 – Modelagem de Dados 86
7.1 - Conceitos Básicos 86
7.2 - Restrições de Integridade ou Leis deConsolidação 90
7.3 - Outras Considerações sobre Atributos 94
7.4 - Outros Conceitos Importantes 96
7.5 - Dicionário de Dados 102
Capítulo 8 – Modelagem Funcional 104
8.1 - Conceitos Básicos 105
8.2 - Construindo DFDs 111
8.3 - Técnicas de Especificação de Processos 113 Análise de Sistemas: Notas de Aula
Ricardo de Almeida Falbo
Cap.1 - Introdução
1
UFES
Departamento
de Informática
1 –Introdução
O desenvolvimento de software é uma atividade de crescente importância na sociedade
contemporânea. A utilização de computadores nas mais diversas áreas do conhecimento
humano tem gerado uma crescente demanda por soluções computadorizadas.
É importante observar que, associada ao acréscimo da demanda, a evolução do
hardware tem sido mais acentuada, disponibilizando aos usuáriosmáquinas cada vez mais
velozes e com maior capacidade de processamento.
Neste contexto, identificou-se, já na década de 70, uma situação crítica no
desenvolvimento de software, a chamada Crise do Software [Pressman00], caracterizada
pelos seguintes fatos:
• demanda muito superior à capacidade de desenvolvimento;
• qualidade insuficiente dos produtos; e
• estimativas de custo e tempo raramentecumpridas nos projetos.
Visando melhorar a qualidade dos produtos de software e aumentar a produtividade no
processo de desenvolvimento, surgiu a área de pesquisa denominada Engenharia de Software.
A Engenharia de Software busca organizar esforços no desenvolvimento de ferramentas,
metodologias e ambientes de suporte ao desenvolvimento de software.
Dentre as principais atividades de umprocesso de desenvolvimento de software,
destaca-se a atividade de análise e especificação de requisitos, na qual os requisitos de um
sistema são levantados e modelados, para só então ser projetada e implementada uma solução.
Esta atividade é o objeto de estudo deste texto.
1.1 – Análise e Especificação de Requisitos
Um completo entendimento dos requisitos do software é essencial para o sucessode
um esforço de desenvolvimento de software. A atividade de análise e especificação de
requisitos é um processo de descoberta, refinamento, modelagem e especificação. O escopo
do software definido no planejamento do projeto é refinado em detalhe, as funções e o
desempenho do software são especificados, as interfaces com outros sistemas são indicadas e
restrições que o software deve...
tracking img