Analise de risco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise de Crédito

Risco de Crédito

Michele da Silva RA 910110260
Stefany Pereira RA 910110250

Março / 2011
Universidade Nove de Julho (UNINOVE)
São Paulo-SP

Análise de Crédito
A análise de crédito consiste em atribuir valores a um conjunto de fatores que permitam a emissão de um parecer sobre determinada operação decrédito, ou seja, é o momento no qual o agente cedente irá avaliar o potencial de retorno do tomador do crédito, bem como, os riscos inerentes à concessão.
Para cada fator individual emitimos um valor subjetivo (positivo ou negativo), se o conjunto de fatores apresentarem valores positivos em maior número que os negativos, a tendência é que o parecer seja favorável a concessão do crédito.
Oprocesso de concessão de crédito para pessoas físicas ou jurídicas é muito parecido, todos têm um fluxo bem semelhante, fontes de rendas e suas despesas que podem ser de curto ou longo prazo.
Muitas vezes a falta de controle, o surgimento de despesas imprevistas ou outros fatores, fazem com que exista a necessidade se buscar um suprimento de dinheiro extra para preencher esta lacuna abertaem um orçamento.
Nesta situação é que surge o profissional de crédito com a missão de analisar se este proponente merece que a empresa/instituição conceda à ele os recursos que necessita.
Alguns profissionais utilizam equações para realizarem a análise e a concessão do crédito que são:
Análise de Crédito
Equação: Caráter + Capacidade + Patrimônio + Garantia = ou >Risco

Caráter - A intenção do cliente em saldar a operação tomada. Tendo como equação:
Pontualidade + Restritivos + Identificação = ou > Risco

Capacidade - Condição ou habilidade apresentada por um tomador de crédito para honrar seus compromissos. Tendo como equação:
Idade + Estado Civil + Fonte de Renda + Tempo de Atividade = ou > Risco

Patrimônio – Situação econômica,recursos e bens existentes que possam ser utilizados para honrar a dívida. Tendo como equação:
Comprovação de Existência + Valor de Mercado + Identificação da Origem = ou > Risco
Garantia - As garantias têm com objetivo dar reforço à segurança nas operações de crédito. Tendo como equação:
Liquidez + Valor de Mercado + Correta Formalização = ou > Risco

Durante uma operação decrédito as garantias deverão ser examinadas em conjunto com as informações cadastrais, a finalidade da operação, sua forma e as fontes de pagamento
Existem dois tipos de garantias, as pessoais e as garantias reais.

Pessoal
Aval: É a promessa que alguém faz de cumprir obrigação de terceiro realizada através de um título de crédito, se o obrigado não vier a cumprir.
Fiança: É umagarantia cujo fiador, seja pessoa física ou pessoa jurídica se constitui como principal responsável pelo pagamento das obrigações assumidas pelo afiançado, pessoa física ou pessoa jurídica, caso esta não cumpra as obrigações contratadas.

Reais
Alienação Fiduciária: É o contrato no qual o devedor transfere ao credor a propriedade de bens móveis para garantir pagamento de dívida com acondição de tornar a ter a propriedade do bem, quando liquidar a dívida.
Anticrese: Abandono ao credor das rendas de um imóvel, como compensação de dívida, ou à conta de juros.
Caução: É o penhor de um direito não material. Exemplo: o crédito.
Hipoteca: Garantia baseada no direito real sobre bens imóveis, embarcações ou aeronaves, de forma a assegurar o pagamento da dívida, semque exista a transferência da posse do bem ao credor.
Penhor Mercantil: Chamamos de penhor mercantil a garantia na qual o bem empenhado faz parte integrante do negócio comercial.
A informática é também um instrumento de precioso auxílio na análise de crédito. É possível, com uma grande base de dados estatísticos, saber o perfil de um provável bom pagador. O processo de checagem...
tracking img