Analise de musica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
LÍNGUA PORTUGUESA V
ANÁLISE DA MÚSICA –“ÚLTIMO ROMANCE”
DOS ELEMENTOS DE COESÃO E COERÊNCIA


ÚLTIMO ROMANCE
Rodrigo Amarante (Los Hermanos)


1. Eu encontrei-a quando não quis
2. Mais procurar o meu amor
3. E quanto levou foi pr'eu merecer
4. Antes um mês e eu já não sei


5. E até quem me vê lendo o jornal
6. Na fila do pão, sabe que eu te encontrei
7. Eninguém dirá que é tarde demais
8. Que é tão diferente assim
9. Do nosso amor a gente é que sabe, pequena


10. Ah vai!
11. Me diz o que é o sufoco que eu te mostro alguém
12. Afim de te acompanhar
13. E se o caso for de ir à praia eu levo essa casa numa sacola


14. Eu encontrei-a e quis duvidar
15. Tanto clichê deve não ser
16. Você me falou pr'eu não me preocupar17. Ter fé e ver coragem no amor


18. E só de te ver eu penso em trocar
19. A minha TV num jeito de te levar
20. A qualquer lugar que você queira
21. E ir onde o vento for
22. Que pra nós dois
23. Sair de casa já é se aventurar


24. Ah vai, me diz o que é o sossego
25. Que eu te mostro alguém afim de te acompanhar
26. E se o tempo for te levar
27. Eu sigoessa hora e pego carona pra te acompanhar

Quando escrevemos textos, músicas ou poesias estamos querendo passar uma informação de determinado assunto, para que isso ocorra precisamos ser coeso e corrente no que foi escrito. Com análise da música O Ultimo Romance, demonstraremos os elementos de coesão e coerência que existe na música.
Começaremos com a coesão referencial que vimos que éuma retomada de termos com objetivo de progressão ao texto com por formas anáforas termos já mencionados e por sucessão as catáforas, visualizamos isso na música dos seguintes versos as por formas nominais:
No verso 5 me que substitui o eu uma anáfora, versos 1 e 14 o a substitui você uma catáfora, verso 11 me substitui você uma catáfora, versos 18,25 e 26 te substitui você uma anáfora,verso 24 me substitui eu uma anáfora e nos versos 12 e 27 te substitui eu sendo uma anáfora.
Com a repetição dos itens lexical temos a reiteração nos seguintes versos 1, 6, e 14 encontrei, 2, 9 e 17 a palavra amor, 12, 25 e 27 o termo acompanhar, 13 e 23 repetição de casa, 11 e 25 alguém e no19 e 26 a palavra levar.
Na relação de antonímia as palavras não estabelecem semelhança entresi podemos verificar no verso 2 procurar e 6 encontrei, verso 11 sufoco e no 24 sossego, os dois tem sentido contrário.
A definitivização é feita pela substituição do artigo que defina o termo citado, foi encontrado nos versos, 2 o meu amor, 5 o jornal, 6 o pão, 9 o nosso amor, 11 o sufoco, 13 o caso e a praia, 19 a minha TV, 21 o vento, 24 o sossego e 26 o tempo, todos define uma palavrapra dar ênfase.
Na elipse é a substituição de termos que já foi mencionado anteriormente podendo sempre acontecer o termo não aparecer é de valor zero. Notamos no verso 12 e 27 o eu fica subentendido 12 “Afim de te acompanhar” e 27”Eu sigo essa hora e pego carona pra te acompanhar”.
Analisando a coesão seqüencial que garante o sentido de progressão do texto. Encontramos a sequenciaçãotemporal que garante a sequencia e progressão do texto utilizando-se de termos que indicam tempo real, na ordenação linear nos verbos for – ir –levo, no verso 1 a palavra quando e no
verso 7 tarde indicando o tempo sendo os dois versos partículas temporais. Na correlação dos tempos verbais acontece no verso 13 for –ir- levo alterando para fores- irei-levarei e no verso 27 sigo- pego-acompanharpodendo trocar para seguirei –pegarei-acompanharei garante esta troca do tempo verbal a correlação.
Na sequenciação por conexão os operadores do tipo lógico têm a função de dar o sentido e de determinar uma ordenação por conectores sendo argumentativos nos versos 13 “E se o caso for de ir á praia eu levo essa casa numa sacola” e no 26 “E se o tempo for ter levar”.
Os operadores do discurso...
tracking img