Analise de impacto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1481 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
www.brasiliano.com.br

PROCESSOS EMPRESARIAIS E ANÁLISE DE IMPACTO

REVISTA ELETRÔNICA BRASILIANO & ASSOCIADOS
ISSN 1678-2496N

Setembro 2006 nº:24º

REVISTA ELETRÔNICA BRASILIANO & ASSOCIADOS

SUMÁRIO
Metodologia para realizar a análise de impacto no negócio

A Revista Eletrônica Brasiliano & Associados nº24 é uma publicação bimestral. Reservado todos os direitos.

DiretorExecutivo: Antonio Celso Ribeiro Brasiliano Diretora de Treinamento: Enza Cirelli Projeto Gráfico e Editoração: Marina Brasiliano e-mail: marinabrasiliano@gmail.com.br

Revista Eletrônica Brasiliano & Associados nº:24º

Setembro 2006

EDITORIAL

TIRANIA
P

E

A ÉTICA

or milhares de anos, a sobrevivência do ser humano dependeu de seu reflexo diante do perigo ou da oportunidade. Emsituações de intensidade emocional – ao ver um caminhão que em nossa direção, por exemplo, a parte do cérebro incumbida do pensamento racional, que é mais lenta, fica fora da ação e a parte do instinto assume o controle: guia o organismo para o prazer, longe da dor. Esse piloto automático é uma faca de dois gumes. Em muitas situações, o que parece conveniente no momento é, na realidade, mortífero. Ou sejanão podemos, empresa ou indivíduo, estar movido só pela satisfação imediata, mesmo sabendo que suas ações são contraproducentes no longo prazo. Isto significa a corrupção da burocracia, dos políticos, mas não sabemos o que dizer de um povo corrompido. Para Maquiavel, assim como para os antigos, a corrupção marcava os limites do político. De um corpo político corrompido não se pode esperar mais nada,suas leis são incapazes de tolher a violência privada, o Estado deixa de representar os interesses públicos, os cidadãos visam apenas ao próprio bem, sem preocupar com os destinos do país. Está aberto o caminho para a tirania, Maquiavel conclui: “É necessário, para usurpar a autoridade num Estado livre, e aí estabelecer a tirania, que a corrupção já tenha feito fortes progressos”. Maquiavel nosleva a pensar que o que é terrível na tirania é que ela não cria um novo território da existência humana, mas sim sendo a prolongação da vida política, onde a grande maioria das pessoas continua a conviver e agir normalmente, demonstrando pelo silencia, pelo medo ou pelo cinismo a incapacidade da ética em evitar a irrupção da barbárie. A tirania aponta para a fronteira da ética, sendo que possuilimites não

de um corpo estranho, mas sim de um horizonte de todas as formas, impulsionado pela passividade e contemplação das pessoas. Relembro o que escrevi no editorial da Revista Proteger sobre o livro Odisséia, Homero, onde mostra claramente a atração mortal. Ulisses resolve navegar perto da ilha das sereias, famosas por seu canto irresistível, que atrai marinheiros para a morte, nosrecifes. Para evitar ser atraído pelo canto das sereias, faz com que seus homens tapem seus ouvidos com cera e exige que o prendam ao mastro e ignorem suas ordens. Esta medida evita se expor a tentação da passividade! Os ambientes empresariais estão infestados de “sereias”. Alguns destes cantos podem ser: “vamos fazer uma parceria com a polícia para que nos proporcione maior proteção”; “vamos fazeracordos com a comunidade para poder entregar nossos produtos”; “vamos utilizar os recursos da polícia para realizar escoltas”; e muitos outros que estamos acostumados a ouvir e até praticar!! Para muitos executivos da segurança esses cantos são tão irresistíveis quanto desastrosos. São necessários todos os sentidos para enfrentar as turbulentas águas da mudança permanente. Qual seria então o mastro quedevemos nos amarrar?? A única segurança duradoura é o comprometimento com a responsabilidade, a franqueza, o respeito e a integridade. Quando não estamos alienados, sabemos que estes valores são a chave para o sucesso e auto-estima. Por isso é fundamental que os executivos da segurança “prendam-se ao mastro” da ética. Somente seguindo e mais importante, acreditando, nessas regras éticas é...
tracking img