Analise de goya

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1067 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Quem foi 

Francisco José de Goya y Lucientes, mais conhecido apenas por Francisco Goya, foi um importante pintor espanhol da fase do Romantismo. Nasceu na cidade espanhola de Fuendetodos no dia 30 de março de 1746. Faleceu em Bordeaux (França) em 15 de abril de 1828.
Biografia (principais momentos da vida de Francisco Goya):

- Começou a carreira nas artes plásticas, aos 13 anos, comoaprendiz do pintor Don José Luzan y Martinez. Nesta fase fazia cópias de pinturas famosas.
- Aos 18 anos foi morar em Madri e tentou duas vezes entrar na Academia de Belas Artes. Porém, foi rejeitado nas duas tentativas.
- Em 1771, destacou-se num concurso da Academia de Belas Artes de Parma (Itália).
- Em 1774, casou com Josefa Bayeu. Em Madri realizou pinturas de cenas mitológicas para váriasfábricas de tapeçarias.
- Em 1780, entrou para a Academia de San Fernando e teve um importante reconhecimento com a obra La Crucificada.
- Em 1785, foi nomeado Primeiro Pintor da Câmara do Rei de Espanha.
- Em 1792, adquiriu uma doença desconhecida e ficou, por algum tempo, paralítico. A doença também atingiu sua visão a audição.
- Em 1793, recuperou-se da doença e voltou a pintar como artista daCorte Espanhola.
- Entre 1810 e 1814, realizou duas de suas obras mais famosas: Los Desastres de La Guerra e El segundo de Mayo de 1808.
- Em 1821, foi processada pela Inquisição, que considerou obcenas a obra Majas.

Estilo artístico de Francisco Goya:

- Retratou vários temas em suas pinturas: paisagens, cenas mitológicas, religião, imaginário, guerras, homens, mulheres, deuses, demônios efeiticeiros.
- Comédia, sátira, tragédia e farsa eram recorrentes em suas obras.
- Suas obras de maior destaque foram pinturas a óleo.
- Com cores vivas e fortes, transmitiu em suas obras os diversos sentimentos humanos (medo, sofrimento, angústia, felicidade, etc.)

Principais obras de Francisco Goya

- Riña en El Mesón Del Gallo
- El paseo por Andalucía
- La cometa
- La nevada
-Cazador junto a una fuente
- La vendimia
- Carlos IV de vermelho
- La Duquesa de Alba y La dueña ou La Duquesa de Alba y La "beata”
- Los caprichos
- Los desastres de La guerra
- Los fusilamientos Del tres de mayo
- Dos de mayo de 1808 ou La carga de los mamelucos
- La maja desnuda
- La maja vestida
- Los disparates
- Saturno devorando a un hijo
- El Colosso
- Casa de Locos
- ElAquelarre.
Los Caprichos de Goya
Francisco José de Goya y Lucientes, geralmente conhecido apenas como Goya, é considerado por muitos “o Shakespeare dos pincéis”. Nascido em 30 de março de 1746, em Saragoça (Espanha) e falecido em 15 de abril de 1828 em Bordeaux (França), pintou realidade, comédia, tragédia, sátira. Retratou nobres, comuns, demônios, prostitutas, touros, deuses, feiticeiros e, algumasvezes, utilizou-se do obsceno.
Suas primeiras obras foram para a Igreja Nossa Senhora do Pilar, em Saragoça, para o Palácio de Sobradiel e o Monastério Aula Dei. Casou-se com Josefa Bayeu, mudou-se para Madrid e durante seus primeiros anos lá trabalhou para fábricas fazendo desenhos para tapeçarias. São desse período os desenhos que mais fizeram fama, no entanto, a vontade maior de Goya não eraretratar paisagens, como se vê em suas obras futuras. Ele provou ser um mestre dos métodos convencionais, principalmente na obra “La Crucificada”, de 1780. A partir daí começou a receber encomendas da aristocracia, e acabou sendo nomeado “Primeiro Pintor da Câmara do Rei”.
Antes de tal obra ser realizada, Goya, em 1792, em uma viagem, contraiu uma doença desconhecida (na época) que o deixoutemporariamente paralítico, parcialmente cego e completamente surdo. Parcialmente recuperado, retornou seus trabalhos para a Corte em 1793, porém começou a também pintar de acordo com as suas próprias inspirações. A partir daí Goya se libertou e se mostrou mais expressivo, e também mais melancólico triste e crítico. Perdeu o respeito pela Corte e iniciou uma série de pinturas que expressam cruamente...
tracking img