Analise da obra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE DA OBRA: O CONTRATO SOCIAL DE JEAN JACQUES ROUSSEAU
(Rosiane Lima Pontes)¹; (Saira Soares Queiroz Morais)²; ( Dircilene Ladico)¹
¹Discente de Direito – Faculdade de Balsas/UNIBALSAS – rhosy_lima@hotmail.com
²Discente de Direito – Faculdade de Balsas/UNIBALSAS – sairaqueiroz@yahoo.com.br
Professor(a) Orientador(a) - Faculdade de Balsas/UNIBALSAS – dircileneladico@hotmail.comRESUMO
A obra de Jean Jacques Rousseau “O Contrato Social” é uma livre associação de seres humanos inteligentes que resolvem formar certo tipo de sociedade, à qual passam a prestar obediência mediante o respeito pela vontade geral.
O autor ao considerar que todos os homens nascem livres e iguais, encara o Estado como objeto de um contrato no qual os indivíduos não renunciando aos seus direitosnaturais, acordam entre si a proteção de direitos, que o Estado preserva. O Estado é a unidade que expressa a vontade geral, e os membros deste serão o conjunto dos votos, daí o Estado ser um corpo moral e coletivo. Assim sendo, o povo é simultaneamente soberano, ou seja, faz parte do Estado e participa na sua autoridade.
Neste contrato, o indivíduo renuncia à sua liberdade natural e a todos os seusdireitos naturais para a comunidade, obtendo dessa forma uma liberdade convencional, que lhe permitirá não só, ser tão livre quanto antes, mas também, ter a segurança dos seus bens e proteção da sua individualidade.

INTRODUÇÃO

O livro pretende mostrar qual é o fundamento da ordem social. Ela não vem do direito natural, nem da força, mas de uma convenção, o pacto social.
O homem perdeu aliberdade original. Rousseau procura explicar o que torna essa mudança legítima. A ordem social é um direito sagrado que não existe na natureza e funda-se em convenções. A mais antiga das sociedades é a família, diz Rousseau. O pai tem cuidado com os filhos e por isso sente amor. No Estado, o governante não ama o povo, mas tem prazer em governar. Alguns filósofos falaram que a desigualdade é natural,alguns nascem para governar, outros para serem governados.
Rousseau conduz seu raciocínio para explicar a necessidade e o porquê de o homem nascer livre e considera que revogar essa condição significa a renuncia à qualidade de homem e aos direitos do mesmo.

MATERIAL E MÉTODO
Para realização deste trabalho foi utilizada a Obra “O contrato Social” do autor Jean Jacques Rousseau contendo 145páginas no total.
Foi utilizado o método descritivo para realização deste trabalho, pois possibilitou o desenvolvimento de um nível de análise em que se permite identificar as diferentes formas de fenômeno, sua ordenação e classificação, de caráter qualitativo, sendo que compreende a uma leitura da minuciosa as obra, estabelecendo uma série de correlações para assim se chegar a uma conclusão arespeito do assunto estudado.

RESULTADO E DISCUSSÃO

Jean-Jacques Rousseau nascido cidadão de um Estado Livre e membro do soberano, por frágil que seja a influência de minha voz nos negócios públicos, basta em Genebra, na Suíça, em 28 de junho de 1712. Confiado primeiro a um pastor calvinista e depois a um tio, Jean-Jacques recebeu uma educação desordenada. Foi para Bossey a fim de estudar com oministro Lambercier.
Vale destacar que Jean-Jacques, procurava a todo custo, se defender de perseguidores imaginários. Embora haja evidências de que ele realmente tinha sofrido a interferência externa em sua vida. Imaginária ou não, Rousseau acreditava numa constante perseguição e por várias vezes, em praça pública e em salões, lia extratos das Confissões tentando se explicar e defender-seEm 1768,compôs o Projeto de Constituição para a Córsega e em 1772 as Considerações sobre o governo da Polônia. Escreve também as obras de caráter autobiográfico, entre as quais se destaca as famosas Confissões. Jean-Jacques Rousseau faleceu no dia 02 de julho de 1778 em Ermenonville.
Jean-Jacques Rousseau inicia a obra Do Contrato Social questionando se pode existir alguma forma de administração que...
tracking img