Analise critica de artigo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1003 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS
FACULDADE DE QUÍMICA
CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA
MODALIDADE A DISTÂNCIA – PÓLO BUJARU
DISCIPLINA DE INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE QUÍMICA





Tutor: Geziel Moura
Alunos: Elisângela Santos da Silva
Gilvan Silva Teles
Ivana do Socorro Aleixo da Silva
Perla do CarmoSantos Barros
Welison Lopes da Silva



ANÁLISE CRÍTICA DE ARTIGO CIENTÍFICO









BUJARÚ
2011
FUGIMOTO, S.M.A. Informática na educação: a questão da utilização do computador na escola em uma perspectiva construcionista. São Paulo: UEM.


Resenhado por Elisângela santos da Silva, Gilvan Teles da Silva, Ivana do Socorro Aleixo da Silva, Perla do Carmo Santos Barros,Perla do Carmo Santos Barros, acadêmicos do Curso de Licenciatura em Química.



Nos tempos atuais, a educação vem avançando com os recursos que surgem para a melhoria do trabalho pedagógico nas escolas. Um desses recursos é o computador nos ambientes de aprendizagem, levando-nos a vários questionamentos e à aquisição de novos saberes, tanto do professor quanto do aluno, não deixando delado o que a escola já possui e já realiza.
“Reconstruir o entendimento da ciência da educação que responda às exigências dos tempos atuais não significa o abandono do passado, o esquecimento da tradição, mas uma releitura dela à luz do presente que temos e do futuro...” diz Marques (2002, p. 82).
Ensinar é um ato de valorizar a construção de conhecimentos pelo aluno, levando-o as suaspróprias descobertas. O professor no papel de auxiliar de seu aluno, o conduz a achar as respostas para seu conhecimento, estimulando-o, desta forma, a ser crítico e criativo.
A temática abordada neste artigo é bastante relevante, pois a partir de análises bastante precisas, objetiva uma reflexão sobre a utilização do computador na educação, além de explicitar as contribuições do mesmo naconstrução do conhecimento.
Para tanto, a autora realizou uma breve descrição dos princípios educacionais construtivistas que fundamentam a utilização dessa ferramenta com finalidade educacional. Realizou, ainda, uma pesquisa qualitativa na modalidade de pesquisa bibliográfica, garantindo cientificidade ao referido texto.
Segundo Valente (1999), o computador pode enriquecer ambientes educacionais eauxiliar o aprendiz no processo de construção de seu conhecimento.
Nas escolas não basta adquirir recursos tecnológicos, é preciso ter professores capazes de atuar, criando ambientes e atividades que estimulem seus alunos na busca de conhecimento. Pois o ato de ensinar ocorre quando o professor propicia a seu aluno confrontar uma informação significativa e relevante.
Percebemos que na tentativade acompanhar os avanços tecnológicos atuais, a escola busca adequar-se ao uso dessas tecnologias, com objetivo de atender a demanda social. Valente (1999) ressalta, dentre outros, autores como Altoé (2005). De acordo com esse autor, é necessário repensar num currículo flexível e na organização da escola, inclusive na preparação do professor, para realizar um trabalho com o objetivo de promover oconhecimento do aluno.
Para isso, o professor deixa de ser um entregador de informações e passa a ser um facilitador entre aluno e aprendizagem, saindo da era da memorização e passando a construir o próprio conhecimento.
Portanto as exigências à educação pela era da informação tornam-se grandes desafios para os professores, rompendo-se com as práticas tradicionais e começando a refletir sobreo seu fazer pedagógico. Todavia, a teoria construtivista sustenta a prática pedagógica do professor no ambiente informatizado.
Piaget (1964), na sua concepção psicológica, corrobora que o conhecimento é construído por meio da interação do sujeito com o objeto, o aluno é ativo na construção do seu conhecimento. O autor Altoé (1993), também vê o aluno como criador de conhecimento, um...
tracking img