Anafilaxia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2573 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Medicina, Ribeirão Preto,
36: 399-403, abr./dez. 2003

Simpósio: URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS IMUNOLÓGICAS
C apítulo I

ANAFILAXIA E REAÇÕES ANAFILACTÓIDES
ANAPHYLAXIS AND ANAPHYLACTOID REACTIONS

Paulo Louzada Jr1; Fabíola Reis de Oliveira2 & Willy Sarti1
1
Docentes. 2Médica Assistente. Disciplina de Imunologia Clínica. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de RibeirãoPreto - USP
CORRESPONDÊNCIA: Paulo Louzada Júnior. Disciplina de Imunologia Clínica. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de
Ribeirão Preto - USP. Av. Bandeirantes, 3900. CEP 14048-900 Ribeirão Preto - SP- Brasil. Telefone (16) 6022566. Fax: 6336695. email:
plouzada@fmrp.usp.br

LOUZADA Jr P; OLIVEIRA FR & SARTI
Preto, 36: 399-403, abr./dec.2003.

W. Anafilaxia e reaçõesanafilactóides. Medicina, Ribeirão

RESUMO - A anafilaxia é uma reação de hipersensibilidade imediata - tipo I - ocasionada
pela liberação de mediadores inflamatórios, oriundos de mastócitos e basófilos e dependente
da imunoglobulina E, sendo a mais grave de todas as manifestações alérgicas. As reações
anafilactóides são clinicamente semelhantes às reações anafiláticas, embora tenham etiologiadistinta, não relacionada à presença da Ig E. Ambas são graves, podendo cursar com urticária,
angioedema, broncoconstricção, hipotensão e choque, causando óbito em alguns casos. Devese fazer o diagnóstico precoce e instituir o tratamento adequado o mais rapidamente possível, a
fim de que complicações sejam evitadas.
UNITERMOS - Anafilaxia. Reações Anafilactóides. Tratamento.

1- DEFINIÇÃO3- PATOGÊNESE

O termo anafilaxia refere-se à reação de hipersensibilidade imediata sistêmica (tipo I), ocasionada por liberação de mediadores inflamatórios a partir
de mastócitos e basófilos, mediada pela imunoglobulina E (IgE). O termo reação anafilactóide refere-se a
um evento clinicamente semelhante à anafilaxia, porém sem a participação da classe de imunoglobulinas
da anafilaxia.

Acondição essencial para um indivíduo desenvolver choque anafilático é ele ter sido previamente
sensibilizado à determinada substância, que, no contato, tenha produzido IgE específica contra o imunógeno.
A produção de IgE pode ocorrer em qualquer contato prévio e prepara o sistema imune para responder
imediatamente, com desgranulação mastocitária, a uma
nova exposição.
Na anafilaxia sistêmicaclássica, os anticorpos
IgE ligam-se a receptores de membrana de mastócitos e a ativação celular ocorre, quando as imunoglobulinas E de superfície ligam-se a alérgenos multivalentes, promovendo o aumento dos níveis intracelulares
de AMP cíclico e cálcio, com subseqüente liberação
de histamina, triptase, quinase, heparina e citocinas.
Estudos recentes mostram a presença de citocinas,
comointerleucina-4 (IL-4) e o fator de necrose tumoral
alfa (TNF-α), pré-formadas em grânulos de mastóci-

2- AGENTES CAUSAIS
Os alérgenos mais comumente implicados são:
drogas, venenos de insetos e alimentos , sendo
que a reação pode ser desencadeada mesmo por pequenas quantidades de alergenos. Vários fatores podem influenciar apenas parcialmente a incidência de
anafilaxia, entre eles a atopia, a viade administração
do antígeno, sexo e idade do paciente (Tabela I).

399

Louzada Jr P; Oliveira Fr & Sarti W

Tabe la I: Age nte s caus ais , implicados nas anafilaxias e re açõe s anafilactóide s
Agentes

Drogas

Antibióticos (penicilina, cefalosporinas, tetraciclina, nitrofurantoína e outros)
Anestésicos, Relaxantes Musculares, O pióides
C isplatina, C iclofosfamida, AIN H e AASHormônios e Enzimas (insulina, corticotrofina, tripsina, papaína e outros)

Alimentos

C rustáceos, Peixes e Moluscos (mariscos, camarão, caranguejo, ostras)
Frutas (morango, amora, framboesa, kiwi)
Amendoim e castanhas, Legumes (aipo, cenoura), C lara de ovo, Leite

Aditivos Alimentares

Sulfitos

Veneno de Insetos

Hymenópteros (marimbondos, vespas, abelhas), Percevejos e Saúva...
tracking img