Análise e releitura de um livro de literatura infantil "alice no país das maravilhas"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 20 (4866 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 18 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

|INTRODUÇÃO 3 |
|LER? Que forma agradável de VIVER! 4 |
|A história mágica de Alice 7|
|O que você enxerga através do seu espelho? 11 |
|Perseguindo fantasias em uma terra nova e encantada... 13 |
|Coelhem a cabeça dele! 18|
|CONCLUSÃO 22 |
|REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS 23 |

[pic]
[pic]

“Era um caminho que de tão velho, minha filha,
já nem mais sabia aonde ia...
Era um caminho velhinho, perdido...Não havia traços de passos no dia
em que por acaso o descobri:
pedras e urzes iam cobrindo tudo.
O caminho agonizava, morria sozinho...
Eu vi...
Porque são os passos que fazem os caminhos!”
(Mário Quintana)

INTRODUÇÃO

Cortem-lhe a cabeeeeeeeeeeeça! Você se lembra dessa frase de um famoso clássico infantil?
Essa frase é do clássico Aventuras de Alice no país dasMaravilhas, escrito por Lewis Carroll em 1865. O livro de Alice é intrigante e usa algumas metáforas, o livro parece ter sido escrito para encantar diferentes faixas etárias. É um livro para crianças, sobre crianças, sobre descobertas, sobre adultos e mais que só descobrimos lendo.
Clássicos da literatura encantam a todos ao longo dos tempos, por isso é importante que eles façam parte da literaturainfanto-juvenil.
Portanto, devemos trazer os clássicos para nossas vidas, encantando-nos e descobrindo as diferentes releituras que fazem deles.
É muito interessante perceber e destacar elementos de intertextualidade nas diferentes histórias literárias.
No presente trabalho analisarei livros, gibis e filmes que utilizaram o clássico de Carroll para criar suas histórias,fazendo intertextos com a história original e algumas outras.

[pic]

LER? Que forma agradável de VIVER!

"A literatura não é outra coisa

além de um sonho dirigido."

(Jorge Luis Borges)

[pic]

Quem não se lembra daquele livro colorido e bonito que ficava na mesa de cabeceira e alguém lia pra gente sempre antes de pegarmos no sono? A literaturase faz presente na sociedade há muito tempo, originariamente os livros de literatura foram criados para passarem para as crianças valores morais e ensinamentos de forma mais prazerosa. Quem não se lembra do livro Chapeuzinho Vermelho, na qual a menina não devia dar ouvidos ao lobo? E os Três Porquinhos, onde devemos deixar a preguiça de lado e usarmos a inteligência como aliada?
Ah! Como égostosa a sensação de folhear um livro e ouvir uma boa história, é algo que encanta todas as idades, desde bebês até nossos avós. As histórias estão presentes em nossas vidas, desde a mais tenra idade já conseguimos demonstrar o que sentimos com determinada história, seja batendo palmas, rindo, fazendo caretas ou imitando alguns sons dos personagens.
Segundo Amarilha (1997), o primeirocontato com a literatura é feito oralmente através da voz de alguém próximo a criança:

Ler histórias para crianças, sempre, sempre... é poder sorrir, rir, gargalhar com as situações vividas pelas personagens, com a idéia do conto ou com o jeito de escrever dum autor e, então, poder ser um pouco cúmplice desse momento de humor, de brincadeira, de divertimento...

Segundo Amarilha...
tracking img