Análise marginal de custos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
FEAAC – Curso de Administração
Disciplina: Administração da Produção I - Semestre 2010.1
Professor: Fernando Menezes Xavier
-------------------------------------------------

DECISÕES SOBRE PROGRAMAÇÃO GERAL DA PRODUÇÃO COM BASE NA ANÁLISE MARGINAL DE CUSTOS

Apoiando suas decisões na ótica marginal, você encontrará um valioso ferramental para análise esolução de problemas de programação de produção, visualizando rapidamente qual a melhor alternativa para chegar ao resultado desejado.

São vários os tipos de problemas que podem ser decididos com utilização da análise marginal, como os abaixo:
a) Compensará aumentar a produção de um determinado produto, concedendo redução no preço da venda?
b) Deveremos diversificar as linhas deprodução?
c) Será interessante aproveitar a capacidade ociosa?
d) Criando novos turnos de trabalho, teremos realmente maiores lucros?
e) Será economicamente interessante trabalhar em horas extras?
f) Valerá a pena fechar um contrato de exportação a preço de venda bem inferior ao do mercado interno?
g) É interessante comprar de terceiros ou fabricar internamente?

A seguir, veja algunsexemplos de aplicação da análise pela ótica marginal. Os exemplos, embora simplificados para efeito didático, são representativos de problemas reais que você, como administrador, será chamado a resolver quase diariamente.

Aproveitamento da Capacidade Ociosa |

A empresa VIVEX INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., tem sua linha de produção composta dos produtos J, K e L, estando a sua capacidadeinstalada, operando num só turno, assim dimensionada:

PRODUTO J = 20.000 unidades mensais
PRODUTO K = 10.000 unidades mensaisPRODUTO L = 40.000 unidades mensais |

A VIVEX está operando com elevada ociosidade em suas instalações, motivo principal da baixa rentabilidade que vem obtendo mensalmente.

No quadro seguinte você encontra a demonstração do resultado do mês de janeiro,sendo que, por hipótese, não havia produção nem estoque inicial e final. Toda a produção do mês foi completamente vendida.

VIVEX INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO MENSAL - MÊS: janeiro ANO: 2009 |
DISCRIMINAÇÃO | PRODUTOS | TOTAL |
| “J” | “K” | “L” | Valor | % |
A – Receitas Quantidade produzida e vendida Preço unitário de venda (médio) Valor das vendasB– Custo variável de produção Materiais diretos Mão-de-obra direta Custos indiretos de fabricação variáveisSOMAC – Despesas variáveis de venda ICM, PIS, comissões etc. | 10.000 200 | 5.000250 | 20.000140 | -- | |
| 2.000.000 | 1.250.000 | 2.800.000 | 6.050.000 | 100 |
| 200.000300.00050.000 | 175.000150.00025.000 | 457.000600.000100.000 | 832.0001.050.000175.000 | || 550.000 | 350.000 | 1.157.000 | 2.057.000 | 34 |
| 600.000 | 375.000 | 840.000 | 1.815.000 | 30 |
D – Total do custo variável = B +C | 1.150.000 | 725.000 | 1.997.000 | 3.872.000 | 64 |
E – Margem de contribuição = A – D | 850.000 | 525.000 | 803.000 | 2.178.000 | 36 |
F – Custos fixos Custos fixos de produção Despesas fixas de vendas Despesas fixas da administraçãoSOMA + CUSTO FIXO TOTAL | 760.000680.000576.000 | |
| 2.016.000 | 33 |
G – Lucro líquido = E – F | 162.000 | 3 |

Analisando a coluna de percentuais, veja que a VIVEX obtém boa margem de contribuição média, no exemplo igual a 36%. Os custos fixos, entretanto, estão ocupando praticamente toda a margem de contribuição, restando apenas um lucro líquido final igual a 3% do valor das vendas.Suponha que tenha surgido uma oportunidade para a VIVEX ampliar sua participação no mercado do produto J. Há a possibilidade de colocar uma produção adicional de 8000 unidades mensais, porém, para isso você terá de reduzir o preço de venda do produto J em 15% em toda a escala de venda, ou seja, você passará a produzir 18000 unidades e o preço de venda será reduzido para R$ 170,00....
tracking img